Semana Santa: Violência no trânsito diminui em Minas Gerais, porém homicídios crescem em 18%

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Foram registradas oito mortes nas estradas mineiras e um aumento de 18% no número de homicídios. 

Foto: Divulgação

A Polícia Militar concedeu uma entrevista coletiva nesta tarde (17) e divulgaram o balanço da Semana Santa, compreendida de 13 a 16 de abril. Os dados foram comparados com o mesmo período do ano passado.
No que tange aos crime violentos foi registrada uma redução de 26%, sobretudo na região metropolitana de Belo Horizonte. Roubos e furtos tiveram uma queda de 28% e os crimes de estupro tiveram uma regressão de 30%.
Os homicídio, ou seja atentado contra a vida, tiveram uma alta de 18% em Minas Gerais. Contudo, na região metropolitana, houve uma queda 45%.
O número de operações desenvolvidas pela Polícia Militar, aumentaram significadamente, elevando as prisões e apreensões, sobretudo na contenção do tráfico de drogas. Já o efetivo, teve um aumento de 10%. 
Rodovias Estaduais
A ação efetiva da Polícia Militar Rodoviária, culminou em importantes reduções. O número de acidentes teve uma redução de 32% e de 53% no nº de vítimas fatais.
Foram sete acidentes com vítimas fatais, sendo que oito pessoas perderam sua vida nas estradas estudais de Minas Gerais. No total foram atendidas 135 ocorrências. 
Lélis Félix Souza
Triângulo Notícias
17/04/2017

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.