Segmento tecnológico amplia oportunidades para mulheres e pessoas com deficiência

Com crescimento significativo, a área de TI tem diversos cursos gratuitos e on-line
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Uma das áreas que mais cresceram nesta pandemia foi a de Tecnologia da Informação. O termo tem sido muito difundido e vem ganhando mais adeptos a essa área à medida em que novas tecnologias vão surgindo. Afinal, trata-se do ramo que atua com a tecnologia como principal ferramenta.

Um levantamento realizado pela GeekHunter, startup de consultoria, referência em recrutamento de profissionais de Tecnologia da Informação (TI), mostrou que o total de vagas abertas no setor em 2020 teve um aumento de 310%. Por isso, se especializar na área pode ser uma saída para aqueles que querem estar ativos no mercado de trabalho.

Diversos cursos gratuitos estão sendo oferecidos na área e, cada vez mais, buscam incluir as mulheres e as pessoas com deficiência em seu segmento. Além de ser uma maneira de se manter estudando, as especializações gratuitas trazem um adicional a mais no currículo. Nas empresas, os profissionais dessa área dão suporte aos outros departamentos como informática e tecnologia. Os salários variam entre R$3 mil e R$ 9 mil conforme o setor de trabalho.

Pensando nisso, separamos abaixo algumas opções de cursos gratuitos na área de TI que estão com inscrições abertas:

Formação em TI para pessoas com deficiência

Em parceria com o Instituto de Gestão em Tecnologia da Informação (IGTI) a CI&T, empresa especialista digital em grandes marcas, está oferecendo um programa gratuito de formação em tecnologia da informação exclusivo para pessoas com deficiência. São 500 bolsas para o curso totalmente on-line.

Os interessados podem se inscrever através do site. Para participar, é preciso ter mais de 18 anos e ensino médio completo, mas não é necessário conhecimento prévio de tecnologia.  Ao final do curso, os participantes podem conseguir oportunidades de trabalho remoto.

Bootcamp Data Women Engineers

Um programa intensivo de formação em tecnologia voltado para mulheres está sendo oferecido pela DataEX em parceria com a Microsoft. A iniciativa visa ampliar a diversidade no mercado tecnológico.

A especialização vai ensinar conceitos e tecnologias de captura, armazenamento, organização, exploração e de enriquecimento de dados em 32 horas distribuídas em oito dias. Serão 50 vagas para alunas de todo o Brasil. As mulheres interessadas em participar podem se inscrever através do site até o dia 31 de dezembro. É preciso ter mais de 18 anos, ensino médio completo e conhecimentos básicos de linguagem SQL e Banco de dados SQL Server.

Oportunidade de atuação

A Suporte de Sistema Larissa Sena, de 26 anos, é uma das mulheres que perseveraram e conseguiram integrar uma profissão dominada por homens. Começou de baixo sendo aprendiz e hoje é a única mulher a atuar na área de Tecnologia da Informação (TI) dentro da empresa onde trabalha. Sua vontade, no entanto, é que cada vez mais mulheres integrem as áreas tecnológicas e trilhem uma linda trajetória.

“Há oito anos, quando comecei a atuar no mercado de trabalho na área de TI, era um cenário totalmente diferente do que podemos ver nos dias de hoje. Essa análise começa nas salas de aula da faculdade até as equipes empresariais. Hoje, sou a única mulher na área dentro da empresa, e me sinto respeitada, tendo o mesmo poder de fala que qualquer outro colega. Se me perguntarem como gostaria de ver o mercado daqui a alguns anos, minha resposta é: gostaria de ver mais mulheres atuando e tendo oportunidades assim como tive de fazer o que ama”, afirma a profissional.

 

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.