Secretaria de Educação e TRE-MG celebram parceria para conscientização do jovem eleitor

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O secretário-adjunto da SEE, Wieland Silberschneider, participou do lançamento (Crédito: Eric Abreu)

Na manhã desta terça-feira (7/11), o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) e a Secretaria de Estado da Educação (SEE) promoveram um encontro com professores e alunos, no auditório da Escola Estadual Governador Milton Campos, em Belo Horizonte. O objetivo foi o lançamento da segunda etapa do projeto “Eleitor do Futuro” e o lançamento em Minas do projeto do TSE “#Partiumudar – Educação para a Cidadania Democrática no Ensino Médio”, fruto de uma parceria entre a Justiça Eleitoral e o Unicef.

- Continua depois da publicidade -

O evento integra a programação da “Semana do Jovem Eleitor”, promovida pela Justiça Eleitoral em todo o país, que acontece até a próxima sexta-feira (10/11).

Lançado inicialmente em 2013, em Minas Gerais, o projeto Eleitor do Futuro proporciona  encontros entre representantes da  Justiça Eleitoral, professores e os alunos das instituições de ensino, com o objetivo de estimular a participação consciente na vida política do país. Juízes e servidores da Justiça Eleitoral visitam escolas para falar sobre temas como democracia e eleições para os estudantes de todo o Estado, a partir de solicitação das próprias instituições de ensino.

O secretário adjunto da SEE, Wieland Silberschneider, participou do lançamento e falou da importância dos jovens com 16 anos se alistarem como eleitores e participaram do processo democrático em 2018. “Um projeto dessa natureza é algo inspirador e faz a gente pensar no momento que estamos passando em nosso país e a nossa trajetória de cidadania. A escola tem que se aproximar destes temas e oferecer aos estudantes a oportunidade de debater o assunto, para ajudar a construir o eleitor do futuro”, comenta.

O diretor executivo da Escola Judiciária do TRE, o juiz Luiz Fernando Benfatti, pontuou que as iniciativas são voltadas para o fortalecimento da nossa democracia e o estímulo da cidadania nos jovens. “Precisamos de projetos que estimulem a participação da população na vida pública brasileira e os jovens tem imensa importância nesse processo. Os jovens de hoje serão o futuro da nação e precisamos de atividades voltadas ao fomento da cidadania”, afirma.  

#Partiumudar, projeto que fomenta educação para a cidadania democrática no Ensino Médio, foi lançado na última semana pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e tem como objetivo capacitar professores para promover, entre os adolescentes, a conscientização da importância do voto e a participação ativa na vida política do país.

O assessor-chefe da Escola Judiciária Eleitoral (EJE) do TSE, Adisson Leal, apresentou o passo a passo para viabilizar os trabalhos de execução do projeto nas escolas estaduais e pontuou que a iniciativa pode ser utilizada como instrumento pedagógico.

“O secretário adjunto, Wieland Silberschneider, contou que a SEE está focada na ampliação da Educação Integral e o conteúdo do projeto #Partiumudar pode ser utilizado, por exemplo, para preencher a carga horária do novo Ensino Médio, dentro do tema cidadania. Sendo que a preparação do jovem para o exercício da cidadania é também um dos objetivos da educação”, finaliza.


Problemas em visualizar essa matéria? Clique aqui e confira a íntegra.


Fonte: AGÊNCIA MINAS

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -