Rússia anuncia morte do ministro de Guerra do Estado Islâmico

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O Ministério de Defesa da Rússia anunciou nesta sexta-feira (8) a morte do ministro de Guerra do Estado Islâmico (EI), Gulmurod Khalimov, em um bombardeio da aviação russa à cidade síria de Deir al Zor, ação na qual foram mortos cerca de 40 jihadistas. As informações são da agência EFE.

O ataque aéreo, segundo o comunicado da Defesa, destruiu um centro de comunicações e um posto de comando subterrâneo onde estavam reunidos vários líderes do EI.

“Estabeleceu-se que na reunião se encontrava o ministro de Guerra da organização terrorista internacional Estado Islâmico, que morreu devido a um ferimento”, acrescentou a nota.

Segundo a Defesa, no bombardeio morreu também o emir de Deir al Zor, o saudita Abu Muhammad al Shimali, considerado um dos líderes do EI e por cuja captura os Estados Unidos ofereceram em 2015 uma recompensa de US$ 5 milhões.

Khalimov era chefe das forças especiais da Polícia da antiga república soviética do Tadjiquistão quando desertou em abril de 2015 para anunciar um mês mais tarde a sua incorporação ao EI em um vídeo divulgado pela organização terrorista.

Nesse vídeo, o ex-chefe de Polícia convoca os homens das forças de segurança e os emigrantes tadjiques em países como Rússia a pegar as armas.

Edição:

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.