Rumo ao pico: 73 mortes em 24h em Minas Gerais pela COVID-19

Governo estima que ápice da pandemia será no dia 15 de julho. Data pode ser revista.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Mapa do Governo de Minas Gerais mostra incidência do vírus no estado

Minas Gerais registrou nesta quarta-feira (08/07) seu maior número de mortos, até agora. 73 novos óbitos foram acrescentados no boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde. De ontem (07) para hoje (08) foram 3.138 novos casos positivos.

No acumulado, Minas Gerais possui:

  • Casos Confirmados: 64.035
  • Casos em acompanhamento: 21.949
  • Curados: 40.731
  • Mortes: 1.355

O pico da pandemia de COVID)19 está previsto para 15 de julho. O governo de Minas Gerais não descarta a possibilidade de um novo adiamento do ápice. Nesta semana tende a acontecer o maior número de infecções. Cuidados devem ser redobrados:

  • Se puder fique em casa;
  • Use sempre máscara;
  • Evite aglomerações;
  • Lave as mãos ou use álcool gel.

Os sintomas comuns do novo coronavírus são: febre, tosse seca e cansaço. Os mais graves são: dificuldade para respirar e falta de ar, dor no peito e perda da fala ou movimento. Caso sinta esses sintomas entre em contato com o sistema de saúde de seu município.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.