Rio Paranaíba: Motocicleta queimada pode ser a mesma usada pelos criminosos do homicídio de domingo (26)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Os dois criminosos podem ter evadido a pé pelo matagal. A Polícia Civil deve periciar a motocicleta nos próximos dias. 

Na esquerda, criminosos chegando no posto de combustíveis. Na direita, motocicleta queimada.
Foto: Triângulo Notícias e Tô na Mídia
Um trabalhador rural encontrou ontem,quarta-feira (29), em uma fazenda no município de Rio Paranaíba, uma motocicleta parcialmente queimada. A Honda/CG Titan de cor azul estava no local com vegetação densa. A Polícia Militar foi acionada, compareceu ao local e ouviu a testemunha. O veículo foi encaminhado para o pátio do Detran e deve se submetido à perícia técnica da Polícia Civil. 

Motocicleta pode ter sido incendiada pelos criminosos antes da fuga. 
Foto: Tô na Mídia

As características  são equivalentes a moto utilizada por dois criminosos que mataram um homem 44 anos em um posto de combustíveis, no último domingo (26). As imagens das câmeras de segurança, registraram o homicídio, conduto a qualidade do vídeo, não permite concluir qual o modelo do veículo. Na segunda-feira (27), o tenente Adriano, confirmou em entrevista ao Triângulo Notícias, que a moto era de cor azul, a mesma da localizada na tarde de ontem (29). 
Somente após trabalhos forenses, será dado um parecer conclusivo. Porém, caso se confirme, uma nova linha de investigações será criada, afinal acreditava-se que os autores havia evadido para a região de São Gotardo. Agora, poderá se considerar uma fuga para região de Carmo do Paranaíba e Patos de Minas. 
O Triângulo Notícias, continuará acompanhando o caso e novas informações serão divulgadas em nosso site. 
Com informações: Polícia Militar e Tô na Mídia
Lélis Félix Souza
Triângulo Notícias
30/03/2017
- Continua depois da publicidade -

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -