Revoltada com a COPASA, mulher quebra carro da empresa em Patos de Minas

A confusão teria começado quando um funcionário tentou cortar a água da cliente.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Carro da COPASA depredado em Patos
Veículo teve danos no capô, para-brisa e retrovisores.
Foto: Reprodução

Um funcionário da COPASA acionou a Polícia Militar após o carro da empresa ter sido depredado no bairro Itamaraty em Patos de Minas. O fato aconteceu na tarde de quinta-feira (30/06).

O funcionário, de 54 anos, contou, aos policiais, que foi até a casa, na Rua Leontina Alves de Almeida, para cortar a água por falta de pagamento. A moradora, no entanto, impediu o funcionário.

Segundo a ocorrência, a mulher ficou bastante nervosa e se apoderou de uma barra de ferro e depredou o carro da COPASA, danificando o para-brisa, os dois retrovisores externos e o capô.

À polícia, a mulher de 45 anos negou ter ameaçado ou xingado o funcionário. Ela narrou que realmente disso ao funcionário que a água não seria cortada.

A consumidora argumentou, com o funcionário, que havia ligado na COPASA e dito que pagaria as contas na sexta-feira (01/07).

Depois da confusão, a mulher conseguiu quitar uma das contas e evitou o corte da água.  O funcionário confirmou para os militares que não houve ameaças e nem xingamentos por parte da mulher, apenas houve os danos causados no carro.

Diante dos fatos, a PM apreendeu a barra de ferro e conduziu a mulher até a delegacia por dano ao patrimônio público.

A COPASA foi procurada pela reportagem e se manifestou por nota:

A Copasa informa que, na tarde da última quinta-feira (30/06), uma equipe da companhia foi realizar o tamponamento de água em um imóvel com três faturas em aberto em Patos de Minas. A companhia informa ainda que já havia emitido sucessivos avisos de corte.

A moradora do referido imóvel não permitiu que o corte de água fosse executado, ameaçou os empregados da Copasa e danificou o veículo da empresa com uma barra de ferro. Na sequência, a companhia acionou a Polícia Militar que registrou o boletim de ocorrência. Ninguém se feriu.

A Copasa informa ainda que a cliente pode parcelar e renegociar suas contas junto à empresa. No primeiro caso,  clientes de todas as categorias (Social, Residencial, Comercial, Industrial e Pública) podem parcelar suas contas mediante entrada de 20% do saldo devedor e o restante em até 24 parcelas iguais e consecutivas. Além das condições de parcelamento, a Copasa possui política de negociação especial nos débitos vencidos acima de 90 dias.

As solicitações de parcelamento ou de renegociação podem ser feitas no site da Copasa/Agência Virtual e no WebChat, disponíveis em copasa.com.br. Também podem ser realizadas pelo Whatsapp (31) 99770-7000 e nas agências presencias de atendimento, mediante agendamento prévio realizado no site da Copasa ou pelo call center 0800 0300 115 ou 115.

A empresa esclarece que dados como valores, consumo, dentre outros detalhes, não podem ser divulgados em virtude da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

6 Comentários
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Pirilampo da Silva
01/07/2022 18:18

Taca-lhe pau! Taca-lhe pau! Taca-lhe pau!… Só que não! A PM vai te fechar.

Mariaprofe
01/07/2022 15:28

Ninguém sabe o que as pessoas passam por isso não tem como julgar ninguém

Murilo Maciel
01/07/2022 15:04

Demorou, já tinha que ter feito mais vezes.

Zeca lobo
01/07/2022 14:51

Parabéns meus parabéns eu dou a ela , mulher de fibra tem quebra msmo pq não presta essa maldita copasa

Plinio suna suna
Responder a  Zeca lobo
01/07/2022 15:05

A bonita nao paga as contas, acha ruim quando vai cortar e ainda ta certa ne? Ok

Johntravolta
Responder a  Plinio suna suna
01/07/2022 15:39

Se ela tivesse quebrado o automóvel devido a falta de água nos bairros ela estaria correta ?
Fariam uma estátua e dariam uma medalha de heróina ?

Atualizado em 1 mês atrás por Johntravolta
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.