Regionalização do SAMU deve acontecer em julho, diz Falcão

Prefeitura tenta resolver o impasse entre os concursados e o consórcio, que vai assumir a regionalização.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O prefeito de Patos de Minas, Luís Eduardo Falcão, disse, na manhã desta quinta-feira (07/03), que a regionalização do SAMU está com as tratativas avançadas e que deve acontecer em julho. Os profissionais concursados devem ser remanejados para outros setores da Secretaria Municipal de Saúde.

Falcão falou sobre a reforma do prédio que vai abrigar o SAMU Regional. Segundo ele, as obras estão avançadas. O prefeito explicou que não saiu antes porque o município ficou com encargo muito grande, porém a gestão dele mudou o projeto junto ao Governo de Minas Gerais para que seja melhor distribuídas as  responsabilidades, tornando possível que outras cidades também tenham pontos de atendimento. “Para que não venha tudo para Patos”.

Falcão foi questionado pelo repórter Igor Nunes sobre os servidores municipais que atualmente atuam no SAMU Municipal. Os concursados reclamam que fizeram a prova para atuar no SAMU e que o município tem condições de repassá-los para o consórcio que vai administrar o SAMU Regional.

Falcão afirma que há um entrave burocrático. Segundo ele, os funcionários concursados do SAMU Municipal são bem treinados e competentes, mas que o SAMU Regional funcionará através de consórcio. Luís Eduardo disse que foi feita uma análise jurídica que avaliou não ter como transferir os servidores para o consórcio, que é intermunicipal.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

1 Comentário
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Luisinho Amarante
07/04/2022 19:52

Ou aceitam o remanejamento ou se desligam do serviço público e vão para o privado CLT com o consórcio. Simples assim.

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.