Região de Patos de Minas regride no Minas Consciente e comércio pode ser fechado

A mudança começa a valer a partir de sábado (05/09). A prefeitura disse que aguarda atualização da microrregião para dar um parecer sobre a situação.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Ao contrário da macrorregião Norte, que apresentou bons índices e um contexto seguro para avanço no plano, a macrorregião Noroeste teve aumento no número de casos e piora nos indicadores. Para manter a doença sob controle, o Comitê Extraordinário Covid-19 optou pela regressão da Noroeste para a onda vermelha, com abertura somente de serviços essenciais. Todas as outras macrorregiões do estado foram mantidas nas ondas definidas anteriormente.

O governador Romeu Zema lembrou que a pandemia ainda não acabou e os cuidados de segurança devem ser mantidos em todas as regiões mineiras.

- Continua depois da publicidade -

“Na região Noroeste, por exemplo, tivemos aumento no número de casos e, muito provavelmente, algumas cidades terão de adotar medidas de isolamento, porque o número de leitos ficou próximo da capacidade. Todo cuidado ainda se faz necessário. Não podemos relaxar, o vírus continua presente e fazendo vítimas. Continuem usando máscaras, adotando medidas de distanciamento e higienização. Minas tem hoje a menor taxa de óbitos por 100 mil habitantes do Brasil e é a nossa contribuição que tem feito a diferença”, afirmou.

As macrorregiões de Saúde Noroeste e Nordeste estão na onda vermelha do plano. Portanto, nesses locais está autorizada a abertura dos seguintes serviços:

– Supermercados, padarias, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência;
– Bares (somente para delivery ou retirada no balcão);
– Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros;
– Serviços de ambulantes de alimentação;
– Farmácias, drogarias, lojas de cosméticos, lavanderias, pet shop;
– Bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito;
– Vigilância e segurança privada;
– Serviços de reparo e manutenção;
– Lojas de informática e aparelhos de comunicação;
– Hotéis, motéis, campings, alojamentos e pensões;
– Construção civil e obras de infraestrutura;
– Comércio de veículos, peças e acessórios automotores.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -