Quadrilha que agia na zona rural é presa em grande operação da PM de Patrocínio; um bandido foi baleado durante a perseguição

As prisões ocorreram após os autores tentarem assaltarem uma propriedade rural no município de Patos de Minas. Os militares tiveram que utilizar munição letal para parar os bandidos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação (PMMG)

A Polícia Militar de Patrocínio montou uma grande operação na noite de ontem, terça-feira (19/09). Um cerco e bloqueio foi feito na BR-365 após o COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar) informar que havia ocorrido um assalto a uma propriedade rural na cidade de Patos de Minas. Os PMs perceberam uma motocicleta ocupada por dois indivíduos em atitude suspeita. O condutor ao perceber que seria abordado, evadiu em alta velocidade e sacou algo semelhante a uma arma de fogo, diante disso os policiais tiveram que se defender e efetuaram disparos em direção ao suspeitos. Uma granada foi usada para parar a moto.

Nas proximidades foi localizada uma pistola calibre 4,5 mm. Após varreduras, o passageiro foi encontrado e preso. Ele foi identificado como D.G.S. de 23 anos e confessou participação no roubo e alegou que estava em companhia de outros três bandidos. O jovem estava com um ferido oriundo de arma de fogo no braço. Em consulta ao sistema informatizado foi constado que havia mandado de prisão em aberto, razão pela qual lhe foi dada voz de prisão pelo crime de roubo tentado e em virtude de mandado.

Ao condutor da motocicleta, J.C.G.G. de 31 anos, que foi ao local para dar fuga ao autor, foi dado voz de prisão pelo crime de favorecimento real, sendo a motocicleta recolhida ao pátio credenciado.

Em continuidade aos rastreamentos uma equipe do serviço de inteligência deslocou pela BR-365 e nas proximidades da comunidade de Borges avistaram um indivíduo em atitude suspeita trafegando a pé pelo acostamento da via. Ele foi acompanhado à distância, até que pouco tempo depois um veículo Corsa de cor verde  o resgatou, tendo ele embarcado no banco traseiro.

Com o cerco e bloqueio acionado na cidade de Patrocínio, as viaturas desta cidade visualizaram o citado veículocorsa trafegando em alta velocidade, próximo ao trevo com a MG 230,. neste momento foi dada ordem de parada, a qual foi desobedecida, continuando a fuga cometendo direção perigosa e deslocou ao terminal rodoviário, onde adentrou a praça pública ali existente, de modo que o motorista M.S.C. de 25 anos saltou do veículo em movimento, empreendendo fuga a pé, sendo alcançado, contido e dada voz de prisão.

O veículo continuou em movimento, atravessando por completo a praça e chocando-se contra o muro de um estabelecimento. Neste momento os autores A.R.F. de 35 anos e A.P.S. de 22 anos foram contidos e presos.

Em consulta ao sistema, verificou-que que consta mandado em aberto em desfavor de A.R.F.. Nas proximidades do veículo foi encontrada uma pistola calibre 9 milímetros com numeração raspada, carregada com dez cartuchos intactos, a qual foi arremessada para fora do veículo pelo autor A.P.S. durante a fuga.

Um dos autores relatou que veio de Carmo do Paranaíba para apanhar o veículo, o qual pertence a um conhecido. Ao chegar a Patrocínio recebeu convite de dois dos autores para leva-los até uma fazenda, onde cometeriam um roubo. Ele aceitou a proposta e deslocou até o local do crime, deixou os outros autores e esperou que voltassem e empreendeu fuga sentido à Patrocínio.

Pelo exposto, os autores M.S.C., A.R.F. e A.P.S. foram presos em flagrante delito pelo crime de roubo tentado; o autor A.P.S. ainda pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. O autor D.G.S. é acusado de integrar uma quadrilha que pratica roubos a fazendas.

Segundo informações levantadas esse bando teria feito vários assaltos a fazendas na região de Patrocínio, inclusive o roubo ao Posto Salitre ocorrido no dia 15/09/2017. Naquela ocasião o grupo criminoso estava fugindo em um veiculo tomado de assalto em Araxá. Durante a fuga pela estrada de acesso a Lagoa Seca os meliantes trocaram tiros com uma equipe da Policia Militar.

Antecedentes dos Envolvidos

D.G.S. de 23 ano: Passagem por tráfico ilícito de drogas, posse irregular de arma de fogo de uso permitido, embriaguez ao volante e estava com um mandado de prisão em aberto.
M.S.C. de 25 anos: 02 roubo, 01 receptação, 01 furto. J.C.G.A. de 31 anos, não tinha passagem
A.R.F. de  35 anos: 01 tráfico,  01 furto, 01 roubo a mão armada e 01 fuga e mandado de prisão em aberto.
A.P.S. de 22 anos: 01 roubo e 01 trafico.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS