Quadrilha explode agência bancária em Rio Paranaíba; os bandidos efetuaram vários disparos

A explosão aconteceu no início da madrugada e deixou a agência destruída. Polícia Militar realiza grande cerco para prender os autores.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O interior da agência ficou destruído.
Foto: Colaborador do TN Rio Paranaíba

A população de Rio Paranaíba voltou a ser surpreendida por bandidos fortemente armados que explodiram a Agência do Banco do Brasil, localizada no centro da cidade. De acordo com informações obtidas junto à Polícia Militar, os autores chegaram ao local no início da madrugada desta quarta-feira (01/11) e implantaram os explosivos.

O barulho da detonação foi ouvido em toda a cidade e acordou várias pessoas que moram nas proximidades. Os bandidos efetuaram vários disparos e fugiram antes da chegada dos militares. Caminhonetes, ainda sem identificação, foram utilizadas como meio de transporte.

- Continua depois da publicidade -

As cápsulas encontradas no local demostram que os indivíduos estavam com armas de grande calibre. Felizmente, ninguém foi ferido.

A cena do crime foi totalmente isolada, pois artefatos foram deixados para trás. Uma equipe especializada de Belo Horizonte é aguardada na cidade para efetuar a retirada dos explosivos. A estrutura do prédio foi parcialmente danificada e uma avaliação será feita pelo Corpo de Bombeiros de Patos de Minas.

Até o momento, não existem informações a respeito do valor roubado. A instituição financeira ainda não se pronunciou a respeito do ocorrido.

Rastreamentos estão sendo realizados desde a madrugada e contam com o apoio de PMs de Carmo do Paranaíba, São Gotardo e Serra do Salitre. Todas as guarnições do Alto Paranaíba estão ciente do ocorrido e se desdobram para efetuar a prisão dos meliantes.

 

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -