Prouni 2020.2: inscrições começam nesta terça (14); prazo é até sexta-feira

Nesta edição serão disponibilizadas 167.780 bolsas em 1.061 instituições
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Destinado para o preenchimento de vagas de cursos de graduação em instituições de ensino superior privadas, o Programa Universidade para Todos (Prouni) inicia nesta terça-feira, 14, as inscrições para o segundo semestre de 2020. Interessados têm até a próxima sexta-feira, 17.

- Continua depois da publicidade -

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), foram disponibilizadas 167.780 bolsas em 1.061 faculdades. Destas, 60.551 são bolsas integrais (100%) e 107.229 parciais (50%). As vagas, assim como as instituições que as oferecem, podem ser consultadas acessando o portal do Prouni. Para realizar as inscrições, é preciso ter uma conta no portal de serviços do governo federal.

Para participar do processo seletivo, é necessário que o candidato esteja em conformidade com os critérios estabelecidos pelo MEC. São eles: ter conseguido nota de, pelo menos, 450 pontos de média no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e não ter diploma de ensino superior.

Os selecionados poderão obter bolsas integrais ou parciais, que custeiem todo o curso ou metade do valor.  As integrais são destinadas aos estudantes com renda familiar por pessoa de até 1,2 salário-mínimo. Já as parciais contemplam alunos cujas famílias possuem renda familiar por pessoa de até três salários mínimos.

Segundo o cronograma divulgado pelo MEC, a divulgação do resultado da 1ª chamada deve ocorrer no dia 21 de julho. Já a comprovação de informações para os selecionados deverá ser feita até o dia 28 deste mês. O Prouni foi criado em 2004 e tem por objetivo aumentar a quantidade de estudantes brasileiros de baixa renda na graduação.

 

*Com informações do MEC

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -