Proposta orçamentária norte-americana valoriza a defesa

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Proposta orçamentária dos EUA para 2018 aumenta investimentos na defesa e corta gastos do Estado e dos setores de agricultura e meio ambiente.

- Continua depois da publicidade -

Presidente Donald Trump é conhecido pelo seu conservadorismo.

Foto: Reprodução

Na quinta-feira (16) foi divulgada a proposta orçamentária dos Estados Unidos para 2018. Donald Trump provou que está disposto a seguir à diante no que prometeu durante sua campanha eleitoral. A proposta valoriza o departamento de Defesa, e por outro lado, desvaloriza o Departamento de Estado e os setores de agricultura e meio ambiente.

A defesa receberá de acordo com a proposta orçamentária, 54 milhões de dólares (aproximadamente 167 milhões de reais).

No entanto, pretende ser cortados gastos nas agências e departamentos federais. A EPA (Agência de Proteção Ambiental) será a mais afetada, pois terão que extinguir 50 programas. Foram também reduzidos investimentos nas áreas de arte, cultura, ciência e comunicação.

Na saúde, Trump pretende manter os programas contra a sida, malária e tuberculose. Mas em contrapartida, na semana passada, os republicanos apresentaram na Câmara de Representantes um relatório que analisa os custos do programa Obamacare e tem como meta a eliminação do mesmo.

O Obamacare é um programa que exige sob pena da lei, que todo indivíduo que está estabelecido em território norte-americano deve aderir a um plano de saúde. Esse ainda proíbe as seguradoras de variar os valores do plano.

Além disso, na proposta orçamentária está inscrita uma verba de 2,6 milhões de dólares para a construção do muro na fronteira com o México.
Na Câmara dos Representantes e no Senado, a maioria são republicanos. Porém, isso não significa que a proposta orçamentária será aprovada. Pois muitos republicanos têm criticado as ações de Trump. Já os democratas vão se opor fortemente contra a proposta.

Thalia Oliveira
19/03/2017

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -