Programas socioambientais que podem ser implementados em Patos de Minas

Colmeia Patos realizou reunião e apresentou os programas.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
No dia 18 de maio, o Coletivo Local de Meio Ambiente, realizou a sua 44ª reunião ordinária cumprindo-se uma pauta com temas informativos e a apresentação de programas socioambientais que podem ser implementados em curto e médio prazos em Patos de Minas. Antes das formalidades, houve várias manifestações de cumprimentos e boas vindas à nova representante da 45ª Subseção da OAB no Colmeia, Ana Carolina Brito, em substituição à advogada Regina Gonçalves Barbosa.
 
A abertura da reunião do mês de maio que aconteceu no formato on-line pela plataforma Google Meet, foi feita pela presidente do Colmeia Patos, Geize Carla Soares que discorreu sobre algumas ações pontuais que a área socioambiental tem conquistado nos últimos meses, entre outras a criação do Fundo de Defesa Animal e a posse do Conselho Municipal de Proteção e Defesa Animal em Patos de Minas, além da política de manejo em andamento de microchipagem e castração de animais de rua, dentre outros acontecimentos e realizações. “A nomeação dos membros do Conselho Municipal de Saneamento Básico, também foi um ganho importante para o meio ambiente e a saúde pública em Patos de Minas”, afirma Geize Soares
 
Em seguida, foi apresentado pela Copasa um breve relato sobre o andamento das obras de melhoria na Escola Estadual Cônego Getúlio, com a instalação de projeto que prevê o aproveitamento sustentável das águas pluviais e de uma nascente que brota na área da escola, para o uso em serviços gerais da instituição escolar. A referida escola foi contemplada por meio de premiação no Projeto Chuá da Copasa, em 2018. O início das obras de construção e adaptação já está em andamento., conforme informou o secretário do Colmeia, Fauster Bernardes.
 
Para a execução do projeto, em 2019, os alunos e a direção da escola conseguiram o apoio da Prefeitura de Patos de Minas por meio do Programa Municipal Pronascentes para buscar e captar os recursos necessários. Com a aprovação do Coletivo Local de Meio Ambiente (Colmeia Patos), o projeto foi enviado ao Programa Chuá Socioambiental e selecionado pela Copasa, para receber parte dos recursos. O repasse financeiro doado pela Copasa será utilizado para a instalação dos equipamentos de coleta e armazenamento da água, mediante cumprimento de gincanas socioambientais desenvolvidas pela Escola.
 
O Diretor Geral do Núcleo de Patos de Minas da Associação Engenheiros Sem Fronteiras, Nickolas Gontijo, apresentou aos conselheiros a proposta do grupo sobre o Projeto Amana, que tem como objetivo a promoção da Educação Ambiental para alunos da rede municipal de Patos de Minas. Foi marcada uma reunião para o dia 26 de maio entre o Colmeia Patos e a equipe da ESF para mais informações e alinhamento do Projeto Amana.
 
A presidente Geize Soares e o vice-presidente do Colmeia Patos, Civuca Costa, fizeram um breve relato sobre a reunião que aconteceu no dia 6 de maio, no Campus do IFTM para a apresentação do Programa AQUAMEL em Patos de Minas, com o objetivo de desenvolver projetos de apicultura e aquicultura no âmbito do Município, promovendo a preservação de recursos hídricos, a segurança alimentar e a geração de emprego e renda.
A discussão sobre o processo pré-eleitoral para a eleição e posse da nova diretoria executiva do Coletivo Local de Meio Ambiente, para o biênio 2022/2024, também foi tema de pauta. O assunto deverá ser amadurecido nas próximas reuniões do Colmeia Patos com a indicação de nomes e a sugestão da composição de chapa para o processo eleitoral.
O atual vice-presidente do Colmeia, Civuca Costa, chamou a atenção dos conselheiros para que a eleição só ocorra após a regulamentação de toda a documentação aprovada em assembleia que prevê alterações no Regimento Interno do Colmeia, para dar oportunidade as novas entidades que pleiteiam representação no Coletivo de participar do processo eleitoral com direito a voz e voto.
“As mudanças aprovadas para o novo regimento são fundamentais para o fortalecimento do Colmeia, tanto na área institucional com a adesão de novos membros e instituições, quanto no campo operacional com a criação de cargos importantes e a ampliação de suas atribuições e objetivos socioambientais em Patos de Minas”, ressalta Civuca Costa no final da reunião.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.