Programa Internet para Todos é lançado em Brasília; Rio Paranaíba será um dos municípios beneficiados

Municípios receberão as antenas a partir de maio. Programa oferecerá internet de boa velocidade e a preço reduzido.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Brasília – O presidente Michel Temer participa do lançamento do programa Internet para Todos e da sanção do projeto de liberação do auxílio financeiro aos municípios.
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O presidente da República, Michel Temer, e o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, assinaram nesta segunda-feira (12), o termo de adesão ao programa Internet para Todos. O evento, em Brasília, também contou com a participação de governadores e prefeitos. O objetivo é levar conexão banda larga de alta velocidade a todos os municípios brasileiros. Segundo o governo, o programa vai beneficiar cerca de 40 mil localidades em todo o país.

A conexão da internet será feita por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), que recebeu R$ 3 bilhões em investimentos. Assim, o programa Internet para Todos vai oferecer à população conectividade a preços reduzidos. De acordo com ministro Gilberto Kassab, a medida serve para democratizar o acesso à web.

“Vai nos permitir, qualquer que seja a localidade do Brasil que não tenha conectividade, levar internet, levar banda larga. Esse é um programa coordenado pela Telebras, necessário para o Brasil, para que a gente possa ter rapidez, eficiência, de levar internet aonde ela ainda não chegou e todas as operadoras terão oportunidade de participar em parceria com a Telebras.”

O termo de adesão que foi assinado por prefeitos e prefeitas define a infraestrutura básica e as condições para a participação dos municípios no programa. Com isso, as prefeituras vão indicar onde serão instaladas as antenas para distribuição do sinal de internet, além de garantir a segurança da área e arcar com as despesas de energia elétrica.

Compareceram na cerimônia cerca de 2.470 prefeitos e prefeitas para assinar o termo de adesão do programa. Segundo o governo, até esta segunda feira (12), quase metade dos municípios brasileiros (2.766) concluíram o cadastro na plataforma. Para o presidente Michel Temer, o programa trará mais modernidade para o Brasil.

“Nós estamos colocando o Brasil no mundo moderno, trazendo a modernidade para o país. E hoje, nós podemos comemorar algo que diz respeito aos países avançados do mundo. Nós estamos levando, com esta fórmula, banda larga para todos os municípios brasileiros.”

Os municípios começarão a receber as antenas em maio, de acordo com o ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. A previsão é que sejam instaladas cerca de duzentas delas por dia.

Cidades Atendidas

A relação das cidades aptas a receberem as antenas foi divulgada ontem (12/03) e conta com algumas da região do Alto Paranaíba e Triângulo Mineiro. Dentre elas está Rio Paranaíba, município com pouco mais de 12 mil habitantes.

Os equipamentos devem serem instalados até o final de 2018 e oferecerão conexão estável, de boa velocidade e a preço reduzido. Além da zona urbana, distritos e comunidades rurais devem receber a novidade. A prioridade será a implementação nas escolas públicas.

Para conferir a relação de todas as cidades aptas a receber o programa neste primeiro semestre, clique aqui. 

Reportagem: Cintia Moreira e Lélis F. Souza

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.