Profissionais podem se atualizar para o mundo do trabalho sem sair de casa com o EAD

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Procura por cursos técnicos a distância da instituição fez matrículas crescerem 82% no ano passado

Resultado de imagem para ead
Foto: Divulgação

A demanda pelos cursos técnicos no Senac EAD continua em alta, sendo que suas matrículas cresceram 82% de 2015 para 2016. A modalidade, que oferece cursos a distância em sete áreas do conhecimento, como por exemplo, comércio, design, gestão, informática, meio ambiente, segurança e turismo, tem sido a chance para muitas pessoas obterem aprendizado prático e teórico adequados exclusivamente ao mundo do trabalho, atualmente mais exigente dada a competição por uma vaga no Brasil.
Para Sidinei Rossi, gestor de cursos técnicos do Senac EAD, a demanda pela modalidade tem crescido porque sua metodologia de ensino está centrada no estudante e adequada às exigências profissionais do país que aliam conhecimento e prática. “Se para o aluno o curso técnico é um atalho para o mundo do trabalho, facilitando sua entrada nesse ambiente, para as empresas estes profissionais são procurados e desejados, uma vez que possuem formação específica no campo em que irão atuar”, aponta.
Ainda segundo o gestor, contratar alunos da modalidade com a vivência na atividade exercida durante sua formação é um fator que beneficia tanto estudante e quanto contratante. Além disso, Rossi acrescenta: “para os alunos que passam pelo EAD, cujo formato requer disciplina com o programa de estudos, há pontos a somar porque desenvolvem pró-atividade, capacidade de organização do tempo e autonomia”.
O formato a distância do Senac, conforme sintetiza Sidinei Rossi, tem a expectativa de absorver ainda mais alunos e, por isso, segue a aprimorar cada vez mais as tecnologias utilizadas nas unidades curriculares. “A busca em oferecer qualificação com a melhor qualidade torna significativo o processo de aprender e oferece um diferencial aos alunos”, salienta.
No último ano, os cursos mais solicitados por alunos foram o Técnico em Transações Imobiliárias, Técnico em Segurança do Trabalho e Técnico em Administração. Já os cursos em Técnico em Logística, Administração e Recursos Humanos também tiveram demandas significativas em todas as regiões do país. Além de estados do Sul e Sudeste, o Ceara e o Piauí, no Nordeste, também registraram crescimento significativo de matrículas na modalidade a distância.
O EAD é centrado no aluno, por isso disponibiliza diversos recursos tecnológicos que facilitam a aprendizagem, com orientação e acompanhamento on-line diário e aula presencial mensal. Além deste e outros elementos como a flexibilidade de tempo, há ainda a redução de custos, já que o formato é economicamente mais acessível ao aluno do que o ensino presencial e não necessita que o estudante faça deslocamento para acompanhar as aulas disponíveis e acessíveis de qualquer computador, tablet ou smartphones conectados à internet.
Déborah Santos
Triângulo Notícias
30/04/2017

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS