Professores Municipais de Uberaba entram em Greve

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Ato na porta do Centro Administrativo marcou o início da greve. Mobilização por tempo indeterminado foi aprovada em assembleia.

Servidores protestaram na porta da Prefeitura Municipal no início da manhã.
Foto: Reprodução/Tv Integração
Um ato na porta da Prefeitura de Uberaba na manhã desta segunda-feira (27) deu início à greve dos educadores do município. Eles levaram cartazes e faixas. A mobilização por tempo indeterminado foi aprovada em assembleia na última terça-feira (21). 
Segundo o Sindicato dos Educadores do Município de Uberaba (Sindemu), a greve teve início porque a Prefeitura informou que não haverá reajuste salarial e nem aumento no tíquete-alimentação, o que distancia a categoria cada vez mais do piso. Os educadores também se mobilizam contra a reforma da Previdência proposta pelo Governo Federal.
Em nota, a secretária de Educação, Silvana Elias, avaliou que a movimentação da greve está dentro do previsto, com adesão em torno de 15%, de quase 4 mil servidores na Educação. ” Ela lamenta é a falta de esclarecimentos, pois perdeu-se o foco, falou-se em previdência e em terceirização de atividades fins, e não se falou em voltar à mesa de negociação a partir de julho. Conforme dados da Semed está se pagando a diferença do piso para os educadores infantis como complemento desde janeiro, aguardando as negociações. A secretária lembra, ainda, que já está no planejamento o complemento para os PEBs em março, sem contar as melhorias oferecidas”, diz trecho da nota.
Ainda conforme a nota, Silvana Elias avaliou também que o  momento do Brasil é de luta por empregos, por geração de renda e que espera que a categoria coloque as questões em seu devido lugar e que as negociações continuam abertas.
28/03/2017

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS