Professora do Curso de Jornalismo do UNIPAM participa de Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação

Na oportunidade, a professora apresentou o trabalho “Sexualidade em destaque: a representação dos gêneros feminino e masculino nas capas das revistas Women’s Health e Men’s Health”.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
UNIPAM Triângulo Notícias
Foto: Divulgação

Gisllene Rodrigues Ferreira, professora do curso de Jornalismo do Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM) participou de 4 a 9 de setembro, do 40º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, realizado em Curitiba (PR), pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM).

Na oportunidade, a professora Gisllene Rodrigues, apresentou o trabalho “Sexualidade em destaque: a representação dos gêneros feminino e masculino nas capas das revistas Women’s Health e Men’s Health”, tendo como intuito identificar qual o leitor e a leitora previstos nas capas das revistas.

Segundo a professora Gisllene Rodrigues, o estudo do tema ocorreu devido a necessidade de uma análise nas revistas, tendo em vista a existência de distinções no modo como os jornalistas produzem conteúdo para o público masculino e para o público feminino.

Por meio da pesquisa foi possível identificar que o leitor da revista Men’s Health é aquele que está imerso na esfera do trabalho, se interessa por gastronomia e decoração, não fica em busca de receber a aceitação constante e aprovação da sociedade, ou seja, a busca pela beleza, pelo corpo ideal, pela vida sexual ativa são, em sua maioria, visando sua própria satisfação e autoafirmação, a preocupação que tem é “viver melhor”, ou seja, considera-se que já tenha uma “vida boa”, mas que pode melhorar com facilidade ao seguir as dicas propostas pela revista.

Já a leitora da revista Women’s Health é aquela que tem vida sexual ativa, embora ainda tenha que lidar com a “discriminação” e o “sentimento de culpa e vergonha” que são resultados de uma coerção histórica e social latente. A mulher se preocupa com o desempenho sexual (visando agradar não apenas a si, mas principalmente ao parceiro) e gosta de inovar na performance.

Para a professora Gisllene Rodrigues, participar desse evento é uma oportunidade para compartilhar experiências e saberes. Sendo assim, uma forma de enriquecer e consolidar o campo da pesquisa em Jornalismo.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.