Professor é suspeito de abusar sexualmente de meninos de 9 e 13 anos em Araguari

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Os abusos aconteciam na casa do professor de Educação Física que convidava os alunos para jogarem bola, como pretexto para se aproximar. 


Foto: Reprodução (Ilustrativa)

A Polícia Civil de Araguari está realizando a investigação sobre o caso do professor de educação física suspeito de dopar e abusar de menores. A delegada Mariana Del Isola de Melo Alves, afirma que o suspeito não era vinculado à nenhuma escola, mas que fazia uso das quadras para dar aulas de futsal a meninos entre 9 e 13 anos.
O que teria dado inicio a investigação, segundo a delegada, foi o comentário de um garoto a um professor: “O menino estava sonolento e o professor perguntou o que estava acontecendo. Ele disse que tinha dormido na casa do suspeito e que foi abusado sexualmente”, disse.
Três outras  famílias também  procuraram a delegacia para denunciar os abusos, após o declaração do menino. “Segundo as vítimas, o professor os convidava para jogar bola em quadras emprestadas pelas escolas. Os meninos também contam que o homem sempre dava água para eles e ficava nervoso caso alguém levasse a própria garrafinha”, disse a delegada.
O local onde os atos eram praticados era a residência do professor, e uma das vítimas disse a delegada que recebia sexo oral e era obrigado a fazer no homem. Os menores passarão por exames no IML(Instituto Médico Legal) para confirmar os abusos.
Há um inquérito instaurado contra o suspeito, por um abuso cometido em e a delegada responsável pelo caso, Paula Fernanda, está reunindo provas para expedir o mandado de prisão. O professor está solto, e ainda não foram apresentadas outras vitimas.

Déborah Santos
Triângulo Notícias
07/04/2017

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS