PRF apreende comprimidos de inibir o sono com caminhoneiro na BR 365

A droga conhecida como "rebite" é ilegal, já que não possui registro válido na Anvisa.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal, por meio do Grupo de Patrulhamento Tático, na madrugada deste domingo (13), abordou uma carreta, com placas da Paraíba. O veículo foi parado na BR 365, trecho do município de Patos de Minas.

Ao realizar a fiscalização no caminhão, foram encontradas sete cartelas, contendo 92 comprimidos de nobésio extra forte, conhecido como “rebite” que é um inibidor de apetite, porém muito utilizado por motoristas para inibir o sono, haja vista que o mesmo causa efeito estimulante do sistema nervoso central.

Com o uso do “rebite”, os motoristas percorrem longas distâncias sem parar para descansar (dormir), desrespeitando a lei do descanso (Lei nº 12.619/12) e aumentando, consequentemente, o risco de acidentes.

Os comprimidos apreendidos são um medicamentos de uso controlado e contém como princípio ativo a substância clobenzorex, que não possui registro válido na Anvisa, sendo proibida a sua comercialização.

Diante dos fatos foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência em que o motorista, de 39 anos, assumiu o compromisso de comparecer em juízo. Os comprimidos foram apreendidos e encaminhados juntamente com a ocorrência ao Ministério Público Estadual em Patos de Minas/MG.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.