PRF apreende 1 tonelada de maconha em blitz na Via Dutra 

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Policia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na madrugada deste sábado (19) um carregamento de 1 tonelada de maconha e mais de dez quilos de cocaína, que seriam distribuídos em comunidades da zona norte do Rio de Janeiro.

Segundo nota da PRF, a apreensão aconteceu no km 116 da Rodovia Presidente Dutra – principal ligação entre os estados do Rio e de São Paulo – na altura do município de Itatiaia, no sul fluminense.

- Continua depois da publicidade -

As informações indicam que, no final da madrugada, equipes da PRF faziam uma blitz nas proximidades do km 319. Após desconfiarem do motorista de um caminhão, decidiram abordá-lo. Durante a fiscalização, o condutor se mostrou se bastante apreensivo, aumentando a desconfiança da polícia. Após uma revista mais detalhada, os policiais perceberam que a carga transportada – cubas de resfriador – parecia ter sido alterada.

PRF apreende cerca de 1 tonelada de maconha na Via Dutra

Segundo a PRF, a droga seria distribuída em comunidades da zona norte (PRF/Divulgação)

Quando abriram os cilindros, os policiais encontraram 1.234 tabletes de maconha, totalizando mais de uma tonelada da droga. Além disso, também localizaram 14 quilos de cloridrato de cocaína. O motorista, de 43 anos, confessou que receberia R$ 20 mil pelo transporte dos entorpecentes.

Ele disse que trouxe a droga de Matelândia (PR) e que faria a entrega num posto de combustíveis na Avenida Brasil, zona norte da cidade, para que fosse distribuída em comunidades cariocas.

A ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal, onde o suspeito foi indiciado por tráfico de entorpecentes, com pena que varia de cinco a 15 anos de reclusão. A ação faz parte da Operação Égide, que reforça o policiamento nas rodovias federais do estado.

FONTE: Agência Brasil

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -