Presidente do SINDHORB teme onda de demissões após decreto de Falcão

Breno Palhares comentou sobre a proibição de funcionamento de bares e restaurantes no período noturno e aos finais de semana.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Os proprietários de bares, restaurantes, pizzarias e similares estão proibidos de receber clientes no período noturno, a partir das 18h, e aos finais de semana. Segundo o presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes e Bares (SINDHORB), Breno Palhares, o decreto é mais um sacrifício imposto a classe.

Breno Palhares teme por uma onda de demissões ainda maior do que a vivenciada na primeira onda da COVID-19. Um levantamento interno apontou que o índice de infecções entre os funcionários do setor é baixo.

Assista a entrevista:

LEIA TAMBÉM:

Prefeitura restringirá venda de bebidas alcóolicas em Patos de Minas

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.