Prêmio MPT na Escola: redação vencedora em Patos de Minas segue para etapa estadual

O concurso visa incentivar crianças e adolescentes a participarem das ações de mobilização, conscientização e prevenção do trabalho infantil.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Apesar da suspensão das atividades escolares presenciais, o Ministério Público do Trabalho manteve a agenda do Projeto Resgate à Infância – Eixo Educação e promoveu mais uma vez o Prêmio MPT na Escola. A ação conta com a parceria da Prefeitura de Patos de Minas, por meio da Secretaria Municipal de Educação, e foi desenvolvida em duas escolas municipais: Frei Leopoldo e Norma Borges Beluco.  A aluna vencedora da etapa municipal do concurso foi Jullia Vitória Souza Andrade, da escola Norma Borges. Ela concorreu com estudantes do 5º ano do ensino fundamental e vai representar o município na etapa estadual.

O projeto MPT na Escola consiste no desenvolvimento de atividades pedagógicas (textos e exercícios) cujo tema é o combate ao trabalho infantil. Os professores também participam dessa ação, sendo capacitados por meio de palestras sobre o assunto. Este ano, os estudantes receberam o material do projeto juntamente com os cadernos de atividades não presenciais distribuídos pelas escolas, e os professores participaram de formação on-line. O prêmio é a última etapa do projeto.

Segundo a secretária de Educação, Fabiana Ferreira dos Santos, é necessário que toda a sociedade esteja engajada no combate à exploração do trabalho infantil. “O trabalho de conscientização deve ser contínuo, e a escola é uma importante parceira no enfrentamento a esse terrível problema social que ainda está presente em nosso país”, afirmou.

A técnica de referência do PETI, Amanda de Oliveira Alves, ressalta que “discutir sobre o trabalho infantil é essencial para combater a crença de que esse tipo de atividade não prejudica as crianças. Por isso, levar as reflexões até a comunidade escolar é fundamental para construir novos padrões de comportamento diante dessa temática”. Ela também comentou sobre o concurso em 2020, esclarecendo: “O Prêmio MPT na Escola aconteceu este ano apenas na categoria redação. Além disso, devido às dificuldades advindas da interrupção das aulas presenciais, definiu-se que somente duas escolas municipais participariam do projeto”.

Prêmio MPT na Escola – A competição consiste em selecionar e premiar os melhores trabalhos literários, artísticos e culturais produzidos pelos alunos das escolas que participam do projeto MPT na Escola em Minas Gerais. O objetivo do prêmio é incentivar crianças e adolescentes a participarem das ações de mobilização, conscientização e prevenção do trabalho infantil. O concurso visa ainda reconhecer e divulgar os melhores trabalhos produzidos pelos participantes e a dedicação dos educadores envolvidos em ações de prevenção à violação dos direitos de crianças e adolescentes.

Além da aluna que ficou com o primeiro lugar no concurso, foram premiados, na segunda e terceira colocação respectivamente, os estudantes Ana Clara Aparecida Fonseca, da escola Norma Borges, e Kevyn Rosa da Silva Gonçalves, da escola Frei Leopoldo.

Abaixo, você pode conferir os vídeos com as produções dos alunos vencedores na etapa municipal do Prêmio MPT na Escola.

A história de Luiza – redação vencedora da etapa municipal do Prêmio MPT na Escola
Trabalho infantil é coisa séria – redação que ficou em segundo lugar na etapa municipal do Prêmio MPT na Escola
Não ao trabalho infantil – redação que ficou em terceiro lugar na etapa municipal do Prêmio MPT na Escola

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS