Desvio na MGC-354 é liberado provisoriamente

O trajeto é destinado a veículos leves.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Desvio foi liberado por volta de 17h.
Foto: PMR/divulgação.

A Polícia Militar Rodoviária (PMR) informou que o desvio da MGC-354, entre Patos de Minas e Presidente Olegário foi liberado provisoriamente às 17h desta terça-feira (18/01). O trajeto é permitido somente para veículos leves: motos, carros e caminhonetes.

As máquinas da Prefeitura de Presidente Olegário trabalharam durante todo o dia para liberar o desvio alternativo na MGC-354. O desvio feito anteriormente pela administração municipal chegou a ser liberado, porém os veículos de grande porte não respeitaram a restrição e o local virou um atoleiro. A situação se agravou ainda mais com a chuva. Os motoristas devem ficar atentos das restrições e a fiscalização será feita pela Polícia Militar Rodoviária. O tráfego de ônibus, vans, caminhões e carretas é proibido.

O prefeito de Presidente Olegário, Rhenys Cambraia, disse que a liberação oficial vai acontecer na manhã desta quarta-feira (19/01). Serão colocados placas e restrição de peso no local.

Atualização:

O desvio foi novamente interditado na manhã desta quarta-feira (19/01) para manutenção, porém sem previsão de liberação.

 

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

1 Comentário
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Ronaldo Alves Pereira
19/01/2022 10:27

TODOS SOMOS SABEDORES QUE OS CAMINHONEIROS NECESSITAM DA PASSAGEM, MAS AGORA NESTE MOMENTO A PRIORIDADE SÃO AS PESSOAS QUE FAZEM HEMODIÁLISE EM PATOS, AMBULÂNCIA QUE VÃO À BARRETOS, ENFIM TODAS AS PESSOAS QUE PRECISAM IR A PATOS POR MOTIVO DE SAÚDE E TAMBEM OS TRABALHADORES! O DER JÁ ESTÁ COMEÇARÁ A FAZER O DESVIO E ASSIM UM PALIATIVO FICARÁ PRONTO PARA OS CAMINHÕES!!!

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.