Prefeitura decreta fechamento dos bares durante a noite; confira todas as medidas

Horário de funcionamento de shoppings, varejo em geral, academias e clubes também foi alterado. Eventos, em geral, estão proibidos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O prefeito de Patos de Minas, Luís Eduardo Falcão (PODEMOS), a Secretária Municipal de Saúde, Ana Carolina Magalhães, e a médica do pronto-atendimento Covid-19, Sara Tatiana Menezes Rosa, anunciaram na manhã desta quinta-feira (04/02) medidas para conter a proliferação do novo coronavírus. A reunião do Comitê de Enfrentamento ao COVID-19 aconteceu no Gabinete do Prefeito.

As medidas que serão tomadas pelo município são:

COMÉRCIO LOJISTA E SALÕES DE BELEZA

  • comércios em shoppings e galerias, pátios e correlatos poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, ficando fechados aos fins de semana e feriados (exceto para venda remota, sendo vedada a retirada no local);
  • o comércio lojista poderá funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, ficando fechado aos fins de semana e feriados, exceto para venda remota, sendo vedada a retirada em balcão;
  • salões de beleza, barbearias e clínicas de estética, poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 18h, ficando fechados aos finais de semana e feriados;

SEGMENTO DE ALIMENTAÇÃO

  • supermercados, mercados, mercearias e afins poderão funcionar todos os dias de 7h às 22h;
  • restaurantes, pizzarias, praças de alimentação, bares, lojas de conveniência e congêneres (inclusive, comércio varejista de bebidas e lanchonetes), poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, e estarão fechados aos fins de semana. Esses estabelecimentos ficam autorizados a funcionar com venda remota (delivery) todos os dias da semana, inclusive com retirada no local;
  • padarias, açougues, farmácias, postos de combustível não entram nas restrições, mas devem observar as regras sanitárias vigentes;

RECREAÇÃO, EVENTOS E CLUBES

  • atividades recreativas, eventos sociais e corporativos estão proibidos;
  • clubes sociais, academias e demais estabelecimentos voltados à prática esportiva poderão funcionar de segunda a sexta-feira, das 5h às 19h, mantendo-se fechados aos fins de semana e feriados;

SETOR BANCÁRIO

  • as agências bancárias, cooperativas de crédito e caixas econômicas poderão adotar o horário de funcionamento das 10h às 15h, de segunda a sexta-feira. Há opção de adotar o horário das 9h às 15h, sendo a primeira hora destinada ao atendimento dos grupos prioritários e de risco;
  • as caixas econômicas poderão abrir aos sábados para atendimento e pagamento do auxílio emergencial e FGTS;
  • as casas lotéricas e correspondentes bancários poderão adotar horário de funcionamento das 7h às 18h. Somente as casas lotéricas poderão abrir aos sábados, das 8h às 19h (as loterias instaladas nas dependências de shoppings ou centros comerciais poderão funcionar no horário estabelecido para o respectivo empreendimento comercial).

As medidas começam a valer ainda nesta quinta-feira após publicação do decreto oficial, que acontece nas próximas horas. 

Sara salientou que os profissionais de saúde estão no limite físico e mental. Ela disse que antes era possível fazer o tratamentos pacientes em casa, com pacientes estáveis. Agora os pacientes instáveis estão necessitando de tratamento hospitalar e há casos que os médicos estão escolhendo quem vai para os leitos de enfermaria, pois não há vagas. “Chegou o momento que eu tinha quatro vagas na enfermaria e tinha sete pacientes na observação. Isso é muito triste, pois tenho que escolher quem vai subir para enfermaria”, ressaltou.

A médica pede para que as pessoas mantenham o distanciamento, pois o período é crítico. Ela conta que desde dezembro ela tem visto um crescimento alto no atendimento no Centro de Enfrentamento ao COVID-19. Sara  ressalta que o período é muito crítico e que por isso serão tomadas medidas mais restritivas.

O prefeito Luís Eduardo Falcão ressaltou que este não é exclusivo de Patos de Minas, mas da região inteira. Ele disse que hospitais de São Gotardo, Carmo do Paranaíba, Patrocínio e outra cidades estão na mesma situação. “Tanto é verdade que ontem no Hospital Regional, nenhum paciente é de Patos de Minas”, lembrou.

Falcão ressaltou que as medidas estão sendo tomadas de forma conjunta. Ele ressaltou que em Patos de Minas foram aumentados quatro leitos de UTI e foi intensificado a população. “Não temos que concordar com tudo que a prefeitura faz, mas o trabalho tem sido bem feito”, ressaltou.

A secretária municipal de saúde disse que a prefeitura tem aumentado os leitos de UTI e tomado medidas necessárias, mas ressalta que é necessário o apoio da população. Ela ressalta que a situação crítica de hoje é reflexo de 15 dias atrás.

O corregedor do município, Emerson Gontijo, ressaltou que houve um estudo de novos protocolo durante quatro semanas. Ele ressalta que não é possível atender a todas as denúncias e pede apoio da população para colocar fotos e vídeos junto as denúncias.

MATÉRIA EM ATUALIZAÇÃO

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.