Prefeito desafia estado e anuncia abertura do comércio por dois dias

Segundo ele, medida é para dar fôlego aos comerciantes
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Lélis Felix

O Prefeito de Patos de Minas, José Eustáquio, informou durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (06/08) que o Minas Consciente está prejudicando o comércio e anunciou que irá abrir as lojas na sexta-feira e no sábado (07 e 08/08) de 8 às 18h dentro da onda amarela.

Segundo ele, medida é para fomentar a economia no Dia dos Pais. Um novo decreto será expedido e os comerciantes terão que cumprir algumas determinações. Pelo Governo de Minas Gerais, Patos de Minas está na onda vermelha, apenas serviços essenciais, porém, durante dois dias, a cidade poderá abrir o que está na onda amarela. Resumindo, somente aluguéis de objetos pessoais, clubes, academias, atividades de lazer e esportivas, eventos, cinemas e turismo não poderão abrir nestes dois dias.

- Continua depois da publicidade -

Vários empresários e políticos participaram da coletiva que aconteceu no saguão da prefeitura. Durante o evento, também foi anunciada a chegada de 25 novos respiradores cedidos pela FIEMG, que segundo o prefeito, serão instalados no Hospital de Campanha de Patos de Minas, que passará a ter 32 leitos de UTI.

Durante entrevista, o prefeito ressaltou que o município não pode deixar o Minas Consciente. Segundo ele, existe uma decisão judicial que obriga a todos os municípios do Estado de Minas Gerais a cumprir as diretrizes do Programa Minas Consciente. Exemplo de Uberlândia, que não estava no programa e agora terá que cumprir as determinações a partir do dia 10 de agosto.

Assista a entrevista com José Eustáquio:

https://facebook.com/triangulonoticias/videos/312922386571492/

Assista a íntegra da coletiva:

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -