Polícia confirma duas mortes e dois feridos em tiroteio no estado da Virgínia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Atá o momento, a polícia de Alexandria, no estado da Virginia, região metropolitana da capital americana, Washington, confirmou a morte de dois policiais em tiroteio ocorrido no começo desta manhã (14), na região. Ficaram feridos o senador republicano Steve Scalise e um funcionário do Congresso norte-americano.

O atirador ainda não teve a identidade revelada. Ele abriu fogo em um campo de beisebol, onde congressistas costumam praticar o esporte. O tiroroteio ocorreu por volta de 6h30 (no horário de verão de Washington), 7h30 em Brasília.

- Continua depois da publicidade -

O senador Steve Scalise faz parte da liderança dos republicanos no Congresso e foi atingido no quadril, segundo as primeiras informações.

De acordo com a imprensa local a troca de tiros entre a polícia e atirador durou cerca de 10 minutos. Fontes policiais também confirmaram que o atirador foi atingido e está hospitalizado, sob custódia policial. O homem que atirou teria usado um rifle.

Os senadores entrevistados pela CNN (Cable News Network) disseram que a ação da polícia foi rápida e que se os policiais não estivessem presentes, provavelmente ninguém teria sobrevivido. 

O atirador disparou pelo menos cinquenta tiros, segundo as testemunhas, antes que a polícia o cercasse e ele começasse a trocar tiros com os policiais.

A Casa Branca disse que o presidente Donald Trump está monitorando a situação. Em um comunicado, Trump disse que ele e o vice-presidente Mike Pence estão “profundamente tristes”.

Democratas e republicanos costumam jogar beisebol no começo da manhã, diariamente, durante o período de atividades legislativas, De acordo com a imprensa, uma tradição antiga entre os congressistas.

Fonte: Agência Brasil

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -