Polícia Civil fecha inquérito sobre casal que teria matado bebê após o parto

Caso aconteceu no distrito de Alagoas em 2019.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

A Polícia Civil fechou nesta quinta-feira (24/06) o inquérito sobre a morte de um recém-nascido ocorrido  em abril de 2019 no distrito de Alagoas, zona rural de Patos de Minas. O bebê teria sido morto pela própria mãe com auxílio do próprio namorado. Ambos foram indiciados.

Segundo o delegado Luís Mauro Sampaio, o namorado foi indiciado por crime de homicídio com duas qualificadoras e ocultação de cadáver, além de ser indiciado também por aborto tentado, haja vista que, no início da gestação, teria imprimido socos na barriga da gestante com a intenção de ambos de impedir a continuidade da gestação, o que não ocorreu circunstâncias alheias à vontade.

O delegado disse ainda que a adolescente, que na época tinha 15 anos, vai responder pelos artigos previsto no ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente. Luís Mauro disse ainda que o rapaz não seria o pai da criança. Agora o caso foi encaminhado para o poder judiciário.

Relembre o caso

A adolescente de 15 anos deu entrada no dia 01/04/2019 no Hospital Regional Antônio Dias com suspeita de ter sofrido aborto. A Polícia Militar e o Conselho Tutelar foram acionados e durante a apuração dos fatos, foi descoberto que a jovem teria o parto normal sozinha no banheiro de casa e depois matado a criança sufocada.

Ainda de acordo com a polícia, a garota enrolou a criança nas próprias roupas e a colocou dentro de uma mochila. Ela então foi até o córrego e descartou o corpo do bebê recém-nascido. Segundo as investigações, toda a ação contou com a participação do namorado.

A perícia da Polícia Civil esteve no local. O corpo da criança foi encaminhado para o IML – Instituto Médico Legal.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.