PMs param carro a bala em Carmo do Paranaíba

O caso foi registrado na madrugada de segunda-feira (12). O condutor apresentava sintomas de embriaguez.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Júlio César (Tô na Mídia)

Um motorista, com sintomas de embriaguez, tentou jogar o veículo que ele conduzia contra uma viatura da Polícia Militar em Carmo do Paranaíba, fazendo com que os policiais da guarnição atirassem contra os pneus do carro, forçando assim, o condutor a parar  o automóvel.

O fato ocorreu na madrugada desta segunda-feira (12/10),  quando a polícia foi acionada pela mãe do motorista de 31 anos, relatando que o filho estava próximo de uma represa, já na zona rural do município, de posse de uma arma de fogo ameaçando tirar a própria a vida.

- Continua depois da publicidade -

Com isso, os policiais foram para o local, onde deparou com a mulher, que confirmou o fato e, acrescentou que o filho estava bêbado. Em seguida, um pouco à frente, os militares localizaram o Ford/Fusion, cor branca, com o homem dentro.

Ele desobedeceu à ordem dos policiais para descer  do carro e fugiu  em alta velocidade, mas foi acompanhado pela viatura. Em determinado momento, o motorista chegou a um trecho que a estrada não tinha saída. Então, o motorista deu marcha-a-ré no carro e tentou jogá-lo contra a viatura, atingindo o para-choque dianteiro e a porta do passageiro do lado direito.

Para tentar parar as ações do motorista, os policias efetuaram vários disparos contra o carro, sendo que alguns tiros atingiram os pneus do veículo. Pouco depois o suspeito parou o automóvel, diante disto, ele foi detido. Dentro do cofre da viatura, o homem passou a danificar o objeto, inclusive, ele assinou um termo se responsabilizando pelos danos causados ao patrimônio público.

O motorista foi levado para a delegacia de polícia na cidade de Patos de Minas e entregue ao delegado de plantão. O automóvel que ele conduzia foi apreendido, juntamente com sua CNH. Também foram geradas as infrações de trânsito.  A suposta arma de fogo que o suspeito estaria de posse não foi encontrada.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -