PM usa bombas para dispersar multidão na R. Major Gote; duas pessoas ficaram feridas

Uma grande quantidade de pessoas se concentrava na frente de um bar. Uma das pistas da Major Gote foi praticamente interditada pela multidão.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Momento que uma das bombas de gás explode próximo a multidão.
Foto: Lélis F. Souza (Triângulo Notícias)

Uma grande confusão se formou nas imediações de uma faculdade na noite do último domingo (04/11) no Bairro Caiçaras em Patos de Minas.

De acordo com a Polícia Militar, após o registro de disparos de arma de fogo com três feridos na Rua Xavantes, clique aqui e saiba mais, uma multidão começou a se concentrar em um outro bar na Rua Major Gote. Vários motoristas que passavam pela via reclamaram aos militares que estavam sendo impedidos de trafegarem pelo local.

- Continua depois da publicidade -

Uma das pista da rua ficou praticamente interditada devido a grande aglomeração de pessoas. Os policiais militares tentaram dialogar com as pessoas que ali se encontravam, porém sem sucesso. Em determinado momento, já por volta das 21hs, um reforço foi solicitado. Viaturas foram posicionadas perto do tumulto e foi novamente procedida a tentativa de diálogo usando giroflex e megafone.

Uma multidão tomava contra de praticamente toda a pista da R. Major Gote.
Foto: Lélis F. Souza (Triângulo Notícias)

Ainda de acordo com informações repassadas pela PM, os comerciantes foram informados da situação. Diante da falha no diálogo com os participantes, que se recusaram a deixar o local, os militares utilizaram mecanismos de dispersão de multidões. Conforme informou a assessoria de comunicação da instituição, essas ferramentas estão dispostas no manual de conduta.

Confira como estava a movimentação na Major Gote instantes antes da ação policial 

Foram lançadas três bombas de gás, além de jatos de spray de pimenta para dispersar os frequentadores. A intenção, segundo a Polícia Militar, era demostrar força..

No momento da explosão das bombas  houve confusão. A equipe do Triângulo Notícias estava no local e flagrou o fato. Assista no vídeo a seguir:

Duas jovens, de 18 e 20 anos, ficaram feridas por estilhaços dos artefatos. Uma delas sofreu um corte na coxa e a outra no pé. Elas foram socorridas e encaminhadas ao Pronto Socorro.

Imagem mostra populares auxiliando moça que ficou ferida.
Foto: Reprodução (Rede Social/WhatsApp)

A PM destacou ainda, no Boletim de Ocorrência, que antes das manobras, várias pessoas foram pra frente das viaturas e começaram a gritar e pular. Uma testemunha, ouvida pelos militares, disse que músicas de rap foram executadas como forma de intimidar o trabalho policial.

As duas vítimas deste episódio foram atendidas, medicadas e não correm nenhum tipo de risco ou sequela. Por fim a PM reforçou que o intuito era a preservação da vida e da livre circulação de pessoas.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -