PM recupera baterias furtadas em torre de internet em Patos de Minas

Dois suspeitos de receptação foram presos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Polícia Militar recuperou 12 baterias furtadas em uma torre de internet em Patos de Minas. Dois suspeitos de receptação, de 43 e de 44 anos, foram presos. Dois prováveis suspeitos do furto, ambos de 26 anos, foram qualificados na ocorrência, mas não localizados.

Segundo a Polícia Militar, o furto aconteceu na quinta-feira (01/04) e no sábado (03) um PM, que estava de folga, recebeu a informação de que as baterias estariam no interior de uma empresa especializada em som automotivo.

O estabelecimento estava fechado contudo os suspeitos de receptação, ao tomar conhecimento das diligências, tentaram retirar a mercadoria do local. Os militares localizaram os indivíduos que confessaram que haviam comprado as baterias por R$ 130,00, cada unidade, valor bem abaixo do mercado.

Uma bateria foi encontrada no interior do automóvel do suspeito de 43 anos e as demais na empresa especializada em som automotivo.

Os suspeitos de cometerem o furto foram identificados, sendo também apontados como prováveis autores do furto de equipamentos de rádio transmissão na torre da Polícia Militar em 26 de fevereiro.

Buscas foram realizada na residência de um dos suspeitos do furto, no bairro Jardim Quebec. A mãe dele autorizou a entrada da Polícia Militar, no entanto, nada de ilegal foi encontrado. O suspeito havia saído de casa na parte da manhã e ainda não tinha retornado.

As baterias foram apreendidas e encaminhadas para a delegacia de Polícia Civil, juntamente com o aparelho celular de um dos suspeitos de receptação.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.