Pesquisadores têm até o dia 30 de abril para submeter projetos sobre epidemias

Edital da Capes é destinado a Programas de Pós-Graduação stricto sensu
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Os Programas de Pós-Graduação que pesquisam endemias, epidemias, surtos e pandemias, têm até o dia 30 de abril para submeter projetos no edital do Programa de Combate às Epidemias da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).

O edital contempla pesquisadores das áreas de infectologia, epidemiologia, imunologia, bioengenharia, microbiologia e bioinformática.

A iniciativa tem como objetivo, não só buscar soluções para combater o COVID-19, mas também preparar o país caso surjam outras doenças. Além de buscar alternativas para enfrentar a crise causada pelo coronavírus, é importante que o país esteja preparado para outros surtos.

O programa busca desenvolver estudos nas áreas de prevenção, diagnóstico, tratamento e controle de doenças e também contribuir para a criação de equipamentos de proteção individual que podem auxiliar os profissionais da área da saúde.

A CAPES vai investir até R$ 70 milhões para financiar mais de 20 projetos e conceder bolsas de doutorado e pós-doutorado. Os projetos contemplados devem receber até R$ 345 mil para custear as despesas da pesquisa, como: material de consumo e serviços de terceiros, peças de reposição de equipamentos, passagens para viagens de campo.

O acompanhamento e avaliação dos projetos serão feitos por meio de um relatório anual, que será enviado à CAPES. Esse material deve conter as principais atividades desenvolvidas durante a pesquisa.

Os Programas de Pós-Graduação que desejam concorrer têm até às 17h do dia 30 de abril para submeter suas propostas. A divulgação do resultado preliminar está prevista para o dia 20 de maio e o resultado final ficará disponível no dia 29 de maio no site da CAPES.

 

Fonte: Esther Santana – Agência Educa Mais Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS