Pesquisa revela a opinião dos mineiros sobre o aborto

A maioria dos eleitores defende que a legislação atual seja mantida. Hoje o aborto é permitido apenas em casos de estupro, risco à mulher ou anencefalia.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Data de Divulgação: 01/08/2022
Data de Coleta: 15 a 20/07
Instituto: Data Tempo
Amostragem: 2 mil pessoas
Método: Visita domiciliar
Margem de Erro: 2,19%
Registro: MG-08733/2022
OPINIÃO SOBRE O APORTO
GERAL

Acha que deve ser permitido apenas em casos de estupro, risco à mulher ou anencefalia (como é hoje): 50,2%

Acha que deve ser um direito da mulher em quaisquer circunstâncias: 15%

Deve ser proibido em todos os casos: 30,4%

Não souberam ou não responderam: 4,3%

OPINIÃO SOBRE O APORTO
ENTRE ELEITORAS MULHERES

Acha que deve ser permitido apenas em casos de estupro, risco à mulher ou anencefalia (como é hoje): 48,4%

Acha que deve ser um direito da mulher em quaisquer circunstâncias: 16,2%

Deve ser proibido em todos os casos: 30,4%

OPINIÃO SOBRE O APORTO
ENTRE ELEITORES HOMENS

Acha que deve ser permitido apenas em casos de estupro, risco à mulher ou anencefalia (como é hoje): 46,2%

Acha que deve ser um direito da mulher em quaisquer circunstâncias: 19,7%

Deve ser proibido em todos os casos: 29,7%

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.