Peru revela rosto de antiga matriarca pré-Inca que viveu há 1.700 anos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O rosto da matriarca La Se ora de Cao foi revelado em cerimônia no Museu de La Nación, em Lima. Na ocasião também foi exposta os restos mortais mumificados a partir dos quais a réplica foi feita

O rosto da matriarca La Señora de Cao foi revelado em cerimônia no Museu de La Nación, em Lima. Na ocasião também foi exposta os restos mortais mumificados a partir dos quais a réplica foi feitaErnesto Arias/EFE/Agência Lusa/direitos reservados

O Peru revelou, em uma cerimônia no Museu de La Nación, em Lima, o rosto de uma antiga matriarca pré-Inca que acreditam que tenha governado o norte do Vale de Chicama, há cerca de 1.700 anos.

Usando a tecnologia forense 3D, os arqueólogos recriaram as características faciais a partir de restos mumificados e bem preservados. Os restos mostraram vestígios de tatuagens de aranha e cobra e, por isso, a matricarca recebeu o apelido de A Senhora Tatuada. Acredita-se que ela tenha morrido com idade entre 25 e 30 anos, depois de um parto.

“A tecnologia nos permite ver o rosto da governante político-religioso-cultural do passado”, disse o ministro da Cultura Salvador del Solar, em uma cerimônia na sede do ministério, que ocorreu antes que a réplica fosse revelada nesta terça-feira (5).

Uma equipe de 30 especialistas de diferentes campos de atuação e diferentes países trabalharam para recriar a imagem de La Señora de Cao, que recebeu o nome de uma cidade próxima.

Os especialistas basearam-se na múmia bem preservada – que incluía o crânio, a linha da testa, as maçãs do rosto e os dentes – para estabelecer as características e também levaram em conta as fotografias dos moradores ao redor do sítio arqueológico de El Brujo, em Chicama, onde a múmia foi encontrada.

La Señora de Cao foi descoberta em 2005, enterrada junto com 100 quilos de relíquias funerárias e objetos valiosos. Embora os arqueólogos ainda não tenham evidências claras sobre seu papel entre a cultura Moche, sua tumba indica que tenha sido governante ou membro de uma família importante.

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Para denunciar um comentário ofensivo clique na bandeira vermelha.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.