Perseguição termina com troca de tiros em matagal de Rio Paranaíba

Policiais atiraram após ouvirem barulho de disparos. Um suspeito foi preso e um menor apreendido.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação (Polícia Militar Rodoviária/PRF) 

A Polícia Militar Rodoviária com apoio de guarnições de Arapuá, Rio Paranaíba, São Gotardo e Matutina prenderam suspeitos de tráfico de drogas na noite da última quarta-feira (10).

Segundo informações da corporação, uma equipe da PRV realizavam operação na BR 354, km 285, município Carmo do Paranaíba, momento passou pelo local o veículo Fiat/Uno emplacado em Patos de Minas.

Os ocupantes demonstraram inquietação dentro do veículo. Os militares consultaram o veículo e foi verificado que possuía alarme de furto/roubo. De imediato deslocaram para tentar abordar o veículo, sendo este alcançado, porém o motorista não respeitou a ordem de parada. Foi solicitado o apoio das guarnições vizinhas para realização do cerco.

No km 303, próximo ao posto de combustível Catiuá, município de Rio Paranaíba, o condutor perdeu o controle e se chocou contra uma placa de sinalização. Os ocupantes desembarcaram e fugiram para o mato, sendo ouvido pelos militares dois estampidos de disparo de arma de fogo. Os PMs revidaram com tiros de pistola .40.

Uma equipe da PMR conseguiu alcançar e apreender um menor de idade, que possui um mandado a ser cumprido.

Com o apoio das guarnições foi localizado em meio ao mato aproximadamente 0.5 kg de maconha e aproximadamente 150 gramas de crack, além de quatro munições calibre .38 e três de calibre 9mm.

As equipes deslocaram para São Gotardo onde prenderam um suspeito de 19 anos. Segundo a Polícia Militar, ele alegou que tinha repassado R$ 900,00 para o menor comprar droga. Na casa do jovem foi apreendida uma balança de precisão.

O veiculo foi apreendido e encaminhado ao pátio conveniado. Os dois abordados foram conduzidos para a delegacia de plantão.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS