Perseguição termina com suspeito morto e um baleado na MGC 497

Segundo a Polícia Militar, eles teriam assaltado um ônibus há duas semanas na mesma rodovia.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Polícia Militar prendeu suspeitos de assalto a ônibus na MGC-497 em Prata. Os militares os perseguiram na madrugada desta terça-feira (17/09). Houve troca de tiros, sendo um suspeito morto e um baleado.

De acordo com o boletim de ocorrência, um VW/Gol seguia em baixa velocidade pela rodovia e despertou a suspeita dos policiais. Eles deram ordem de paradas, mas elas não foram obedecidas.

O motorista empreendeu fuga em alta velocidade e chegou a apagar os faróis para dificultar o acompanhamento. Em determinado trecho da via, ele perdeu o controle e colidiu contra um barranco.

Neste momento, segundo a PM, os suspeitos desembarcaram e começaram a atirar contra a viatura. Os militares reagiram e houve troca de tiros. Um suspeito foi baleado e socorrido para o Pronto Socorro de Prata.

Dois homens foram algemados e conduzidos presos para a delegacia. Um quarto fugiu em meio a vegetação, mas foi encontrado pouco tempo depois caído com ferimento a bala. Ele foi levado para o hospital, mas não resistiu e morreu.

Cerca de cinco minutos apos a abordagem um ônibus de passageiros passou pela rodovia. A PM desconfia que os criminosos tinham o objetivo de assaltá-lo.

Foram apreendidas porções de maconha, uma submetralhadora de fabricação artesanal, munições, tocas ninjas e uma radiocomunicador.

A Polícia Militar também informou que o veículo usado pelos suspeitos era produto de roubo. Ele estava com a placa de um veículo legalizado, ou seja, era clonado.

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.