Patos de Minas recebe ações integradas de Políticas sobre Drogas

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Falar sobre os problemas do uso de drogas de forma divertida e fora da sala de aula. Foi esta a experiência que aproximadamente 300 alunos do ensino público de Patos de Minas, Território Noroeste, tiveram a oportunidade de vivenciar, na manhã desta quinta-feira (14/6), durante a Maratona de Prevenção às Drogas, promovida pela Subsecretaria de Políticas sobre Drogas (Supod), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp)

Divididos em equipes, os adolescentes são estimulados a vencer diversos desafios propostos pelos técnicos da pasta. Na oportunidade, eles aprendem sobre os malefícios causados pelo álcool e outras drogas e que há outras formas de aproveitar a juventude. 

A escola também se torna parceira no trabalho de prevenção. Em sala de aula, antes da maratona e orientados pela Supod, os professores realizam um trabalho prévio com os jovens, por meio de rodas de conversas, debates e outras atividades, discutindo a temática, os tipos de drogas e os transtornos causados. 

Júlio César de Oliveira, diretor de Projetos Temáticos de Prevenção ao Uso Nocivo de Drogas da Sesp, conta que a maratona visa, além de prevenir o uso das drogas, estimular a solidariedade, o diálogo e a cooperação entre os adolescentes. “O objetivo é fortalecer a cultura do esporte como fator de proteção. Buscamos também desenvolver nesses meninos outras ideias e conhecimentos que ampliem o repertório comportamental deles”, afirma. 

Já na parte da tarde, cerca de 60 pessoas, que trabalham nas redes de saúde e assistência social com usuários ou ex-dependentes químicos, participaram da capacitação “Prevenção à Recaída”, na Câmara do município. Promovido pela Supod, em parceria com a Escola Integrada de Segurança Pública (Eisp), a ação busca capacitar os profissionais a identificar situações de recaída e a melhor forma de abordar essas pessoas. 

Para o assessor da Supod e palestrante da capacitação, Luciano Pinheiro, a prevenção à recaída é uma ferramenta eficaz no combate ao uso das drogas. “Este trabalho contribui para o levantamento das situações de risco ao uso de álcool e outras drogas e para o desenvolvimento de estratégias de enfrentamento”, explica. 

A subsecretária de Políticas sobre Drogas, Claúdia Leite, conta que as ações de prevenção visam disseminar teorias e boas práticas de enfrentamento e, para isso, buscam trazer diversos atores locais para a rede de proteção. “Buscamos o envolvimento dos professores, estudantes, famíliares, profissionais que atuam na área, prefeituras, instituições dos municípios e até dos próprios usuários. Com a participação de todos, a política pública de combate às drogas se fortalece”, diz. 

Fonte: Agência Minas

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Comments System WIDGET PACK

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.