Patos de Minas ainda possui tubulações de amianto, confirma funcionário da COPASA

Walterley Coelho Alves foi ouvido na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura eventuais irregularidades nos serviços da COPASA.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Walterley Coelho Alves - depoente COPASA CPI Patos de Minas
Walterley Coelho é encarregado de água na COPASA de Patos de Minas.
Foto: Reprodução

Pela 1ª vez, desde o início da CPI, os vereadores ouviram, na tarde desta quarta-feira (1/9), um funcionário da COPASA (Companhia de Saneamento de Minas Gerais). Walterley Coelho Alves trabalha há 24 anos na empresa, tendo exercido os cargos de servente, oficial de água e encarregado de água. Neste último, e atual cargo, ele trabalha há cerca de 14 anos.

O relator, José Eustáquio de Faria Junior (PODEMOS), questionou se o depoente tinha conhecimento do contrato entre a COPASA e a prefeitura de Patos de Minas. Walterley disse que não tem conhecimento de contrato. Perguntado sobre denúncias de irregularidades nos serviços, ele respondeu: “eu não tenho conhecimento que a COPASA não cumpra o que é combinado. A gente tem um sistema e todos os serviços são executados dentro do prazo”.

“A água é de boa qualidade, tanto que eu dou aos meus filhos”.

Ele também explicou que nos distritos, como Major Porto, a água é retirada de um poço artesiano, não sendo necessário um tratamento complexo, o cloro é suficiente. Já em Patos de Minas, por ser retirada de um manancial, a água necessita de processos adicionais na Estação de Tratamento (ETA).

Tubulações de Amianto

Walterley Coelho confirmou que alguns bairros, como Santa Terezinha e Cristo Redentor, ainda possuem tubulações de amianto para o fornecimento de água. Ele disse que não tem ideia da extensão/comprimento desta rede e informou que a COPASA, de forma gradativa, moderniza a tubulação.

Em 29 de novembro de 2017 o Supremo Tribunal Federal proibiu o comércio e uso de amianto no Brasil. A Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (IARC) e a Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmam que todas as formas de amianto são cancerígenas podendo acometer órgãos como laringe, ovário e pulmão. Em algumas cidades, como em Rosana-SP, a Justiça já determinou a substituição das tubulações de amianto.

Oitiva da COPASA - Patos de Minas
A CPI é composta por: Elisabeth Maria (DEM), José Eustáquio (PODEMOS), Mauri da JL (MDB), João Marra (PATRIOTA) e José Luiz (PODEMOS).
Foto: Reprodução

Preço da água é justo

Walterley Coelho disse que a tarifa é justa por entender que o serviço prestado é de qualidade. “Você ter uma água de qualidade, 24 horas na sua casa, e um esgoto tratado, tirado direto de sua casa, eu acho um preço justo. Existem coisas muito mais caras que a população paga e as vezes não é boa”.

Falta d’água em Patos de Minas

Sobre falta d’água, Walterley explicou que a maioria das interrupções são devido a acidentes nas redes. Segundo ele, durante obras particulares os pedreiros acabam rompendo canos, sendo necessário fechar o ‘registro’ para fazer a manutenção.

Problemas no asfalto

A presidente da CPI, Elisabeth Maria (DEM), questionou o depoente sobre a qualidade do asfalto aplicado pela COPASA após manutenções na rede. Ele explicou que o serviço é terceirizado e que é necessário um tempo entre a manutenção na rede e recomposição do pavimento. “Tem que esperar um tempo pra secar, depois fazer o assentamento e só depois vir com o caminhão de asfalto” explicou.

Esgoto em Patos de Minas

Walterley afirmou que não trabalha com o sistema de esgoto e desta forma não pode prestar esclarecimentos sobre esta questão. Porém, afirmou que 90% do esgoto é tratado.

Acompanhe a íntegra da oitiva:

Ainda nesta quarta-feira (1º), a CPI da COPASA ouviu a moradora do bairro Jardim Quebec, Áquila Lorainy da Silva Jesus. Ela revelou que o mau cheiro provado pela Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) incomoda os residentes, principalmente no período noturno. Destacou que a COPASA chegou primeiro ao local e que o erro foi construir o bairro na área. Clique aqui e leia a reportagem sobre esta oitiva.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.