Parreira vai chefiar Grupo de Estudos Técnicos da Fifa na Copa

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O brasileiro Carlos Alberto Parreira, recordista de participações em Copas do Mundo, comandando seleções de cinco países em seis mundiais, vai chefiar o Grupo de Estudos Técnicos da Federação Internacional de Futebol (Fifa) na Copa do Mundo na Rússia, que será aberta no dia 16 de junho com o jogo entre as seleções da Rússia e Arábia Saudita. Segundo a Fifa, o grupo, que existe desde a Copa na Inglaterra, em 1966, tem por objetivo analisar os jogos da competição e preparar um relatório técnico que será enviado a todas as federações que integram a entidade.

De acordo com a Fifa, caberá ao grupo decidir também sobre a premiação dos melhores jogadores da Copa em diversas categorias, entre elas, o ganhador da Chuteira de Ouro, prêmio para o atleta com o maior número de gols na competição. Nesse caso específico, caso aconteça de dois ou mais atletas alcançarem a artilharia com o mesmo número de gols, o ranking técnico do número de assistências (passes para gol) preparado pelo grupo definirá a escolha do vencedor da Chuteira de Ouro, Prata e Bronze.

 Equipe técnica dá coletiva no centro de mídia na Granja Comary. Na foto, o coordenador técnico, Carlos Alberto Parreira (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Equipe técnica dá coletiva no centro de mídia na Granja Comary. Na foto, o coordenador técnico, Carlos Alberto Parreira (Tomaz Silva/Agência Brasil) – 26 17:10:15

O Grupo de Estudos reúne, além de Parreira, outros nomes ligados ao futebol como o sérvio Bora Milutinović, que treinou cinco seleções em cinco edições da Copa do Mundo; o ex-jogador nigeriano Emmanuel Amunike, que participou da Copa do Mundo de 1994; o italiano Alessandro Nesta, que defendeu a seleção da Itália em três Copas; o treinador escocês Andy Roxburgh, que dirigiu a seleção escocesa na Copa do Mundo de 1990; e o holandês Marco van Basten, considerado um dos maiores atacantes de todos os tempos e o melhor jogador do mundo da Fifa, em 1992. Van Basten defendeu a seleção holandesa em quatro mundiais.

 

FONTE: Agência Brasil

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.