Paçoca: Brasileiro consome novamente substâncias cancerígenas sem saber

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O alimento é distribuído pela Indústria e Logística Westhonklauss Constante Ltda.

Resultado de imagem para paçoquinha rolha  Dicel
O lote da paçoca rolha da marca Dicel foi interditado pela Anvisa.
Foto: Divulgação

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) interditou hoje (20) um lote de paçoca rolha da marca Dicel, produzida em Goiânia (GO). 
Os produtos foram interditados pois excediam o limite permitido de aflatoxinas, substâncias tóxicas produzidas por fungos que podem causar câncer.
O lote 0027, fabricado em 18 de novembro do ano passado, com validade até 18 de novembro deste ano, estava impróprio para o consumo, segundo a resolução.
O laudo realizado no Laboratório de Análise Micotoxicológicas, em Santa Maria – Rio Grande do Sul, atestou teores de aflatoxinas acima do limite máximo tolerado para amendoim com casca, descascado, cru ou tostado, pasta de amendoim ou manteiga de amendoim.
A interdição vale para todo o território nacional, no entanto a Dicel informou que não havia sido notificada sobre a interdição.
Débora Santos
20/03/2017

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.