Patos de Minas 

Pacientes aguardam mais 6h na UPA; 80% dos casos são de sintomas respiratórios

Prefeitura pede que pacientes com sintomas leves procurem os postos, contudo há relatos de falta de médicos em algumas unidades.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
UPA de Patos de Minas
Foto: Igor Nunes (Patos Notícias)

O Patos Notícias foi acionado por pacientes da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Patos de Minas na tarde desta quinta-feira (26/05). Cansados de esperar por mais de seis horas por atendimento, eles cobram maior agilidade no serviço público.

Marcos Antônio Scarponi chegou na UPA por volta das 11h e até às 17h não tinha sido atendido. Ele reclamava de sintomas intestinais.

Já outro paciente, que preferiu não gravar entrevista, contou que chegou às 12h com dor no corpo, febre e dor de garganta. Ele passou pela triagem, mas até às 17h não havia sido atendido.

Procurada pela reportagem, a prefeitura reconheceu a demora e informou que 80% dos atendimentos são de pacientes com sintomas respiratórios, porém a maioria são de natureza leve. Foi orientado que estes pacientes, de menor gravidade, recorram aos postos de saúde, onde também é ofertado o teste de COVID-19.

Pacientes também reclamam de falta de médicos nos postos. A prefeitura reconhece o problema e informou que os enfermeiros também estão capacitados para proceder com o teste de COVID-19.

Leia a íntegra a seguir:

– as baixas temperaturas elevam muito a procura por atendimento na unidade, prevalecendo pacientes com doenças respiratórias (H1N1, asma, bronquite, pneumonias e agora aumento dos casos de Covid-19). A esse cenário soma-se a atual epidemia de dengue;

– mais de 80% dos pacientes que procuram a UPA neste momento estão com sintomas respiratórios, sendo que a maioria deles tem quadro leve e poderiam ser atendidos nas USFs, ressaltando que nesses locais também é ofertado teste para Covid-19;

– até meio-dia de hoje havia 60 pacientes aguardando para atendimento, número que subiu para 70 agora no fim da tarde. Apesar de as equipes estarem trabalhando com o máximo de empenho, a espera é inevitável diante a enorme demanda;

– a Saúde estuda formas de minimizar o problema, mas é muito importante que a população busque as USFs nos casos de sintomas leves. Caso a unidade esteja sem médico no momento, o enfermeiro é capacitado para fazer o acolhimento e o teste de Covid-19, se necessário. Médicos estão sendo contratados via Cisalp para cobrir as vagas em aberto.

Além da UPA, há reclamações de demora no atendimento em algumas unidades de saúde da rede particular. Patos de Minas vive um aumento substancial nos diagnósticos de COVID-19 e de dengue.

Horário de atendimentos dos postos

Funcionam de segunda a sexta-feira, exceto feriados:

 USFs Itamarati, Nova Floresta, Padre Eustáquio e Sebastião Amorim: 7h30 às 18h30

 USFs Alto Colina, Limoeiro, Sorriso, Brasil, Gramado, Guanabara, Jardim Esperança, Jardim Panorâmico, Jardim Paraíso, Jardim Paulistano, Cristo Redentor, Novo Horizonte, Alvorada e Ipanema: 7h30 às 16h30

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

1 Comentário
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Pirilampo da Silva
27/05/2022 07:39

Mas vírus burro, ele não entendeu o decreto do prefeito? Acabou, acabou, é tetra… fala sério, acabar com uma pandemia por decreto, essa é nova na ciência.

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.