Paciente fica indignada com visita de vereadores em posto de saúde; entenda

Ela ficou indignada ao ouvir que os vereadores pediriam a compra de um fogão, enquanto ela terá que aguardar até um ano para conseguir uma fisioterapia. Vereador nega que tenha pedido a compra de fogão.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Uma paciente, que aguarda uma nova fisioterapia pelo Sistema Único de Saúde (SUS), ficou indignada ao perceber a visita de vereadores na Unidade de Saúde da Família (UBS) do bairro Alvorada em Patos de Minas.

A mulher não quis se identificar e relatou, ao Patos Notícias, que sofreu um acidente e quebrou o pé. Recentemente o médico solicitou uma mudança na fisioterapia para o fortalecimento da fíbula. Nesta terça-feira (24), ela foi até o posto de saúde para solicitar o atendimento e foi informada que havia uma fila de espera, que poderia demorar até um ano.

Ao receber a informação, a paciente ficou nervosa já que está sem trabalhar desde o final de março/2021. “Eu trabalhava com limpeza doméstica e desde então não consigo trabalhar, não dou conta de ficar o dia todo em pé. O que eu mais quero é voltar com minha rotina ativa. Não quero depender de auxílio do governo.” afirmou ela a reportagem.

Enquanto a paciente era atendida na UBS, quatro vereadores faziam uma visita. Os membros da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, Gladston Gabriel (PODEMOS), Vitor Porto (CIDADANIA), Mauri da JL (MDB) e José Eustáquio de Faria JR (PODEMOS) estavam averiguando as condições do local.

Segundo a paciente, em determinado momento ouviu que os vereadores iriam solicitar a compra de um fogão e a pintura das paredes. Neste instante, ela se revoltou: “será que um fogão vale mais que minha saúde”.

Em um vídeo, gravado pela própria paciente, o vereador Vitor Porto (CIDADANIA) afirma que a responsabilidade é do executivo e que cabe ao legislativo fiscalizar. Ele ainda disse que repassará a demanda da fisioterapia para a prefeitura. Os outros três parlamentares não chegaram a conversar com a mulher.

Procurado pela reportagem, o vereador Vitor Porto informou que “hoje estivemos na UBS e estamos elaborando o relatório da Comissão de Saúde para envio ao prefeito. Constatando todas as demandas locais. A paciente até conversou conosco lá. Foi ótimo!”. Questionado sobre a indicação para comprar fogão e pintar paredes, ele negou que tenha havido tal solicitação por parte da comissão.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.