Opinião dos prefeitos pode ser vital para definição do IPVA 2022

Zema tem até 7 de janeiro para decidir se aprovará ou vetará projeto que congela o tributo.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Romeu Zema (NOVO) - Governador de Minas Gerais
Foto: Gil Leonardi / Imprensa MG

O projeto de lei aprovado recentemente na Assembleia Legislativa congela o valor do IPVA para o exercício de 2022, ou seja, caso sancionado os proprietários pagarão o mesmo valor de 2021. O governador Romeu Zema (NOVO) disse, no Twitter, que ouvirá os prefeitos, já que metade da arrecadação é destinada aos municípios.

Romeu Zema havia proposto basear o reajuste do IPVA na variação da inflação, ao invés da tabela FIPE, porém o projeto não foi apreciado pelos deputados.

O deputado Bruno Engler (PRTB) propôs e conseguiu aprovar o congelamento do tributo na Assembleia Legislativa.

Entenda quais são os cenários do reajuste:

Pela FIPE: cerca de 22% de aumento; (modelo atual)
Pelo IPCA: cerca de 10% de aumento; (depende de votação)
Congelamento: 0% de aumento. (projeto aprovado)

Para o congelamento se efetivar é necessário a sanção de Romeu Zema. Ele tem até 7 de janeiro para decidir se aprovará ou vetará o projeto de Bruno Engler.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade é do respectivo autor. Eles não expressam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.