Operação Monte Santo da Polícia Civil prende 25 suspeitos de tráfico em Minas Gerais

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Foram cumpridos mais de 30 mandados de busca e apreensão em Nova Lima, Raposos e Belo Horizonte

Operação mobilizou cerca de 150 policiais civis. 
Foto: Divulgação
Visando reprimir o tráfico de drogas, a Policia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou na quinta-feira (23), a Operação Monte Santo, realizada simultaneamente em Nova Lima, Raposos e Belo Horizonte. Foram efetuadas 25 prisões, entre preventivas e flagrantes, e cumpridos 36 mandados de busca e apreensão em locais de atuação de uma organização criminosa suspeita de atuar na comercialização de entorpecentes. As investigações tiveram aproximadamente um ano de duração.
Os levantamentos da PCMG apontaram que o grupo criminoso, instalado no bairro Cruzeiro, em Nova Lima, ainda, teria envolvimento em crimes contra o patrimônio também nas cidades de Raposos, Rio Acima e Belo Horizonte. No decorrer do trabalho, ainda, foi apurado que membros da organização estaria infiltrando drogas e aparelhos celulares no interior de um presídio da região metropolitana, fomentando o tráfico na unidade. Inclusive, do total de investigados presos na Monte Santo, oito já estavam em cumprimento de pena no sistema prisional.
Durante a operação, foram encontradas meia barra e duas porções de material similar a maconha. A equipe do Canil da Policia Civil foi imprescindível para os trabalhos de busca e apreensão, tendo um dos cães localizado grande quantidade de drogas em um dos alvos na cidade de Raposos. Durante a investigação, ainda foram apreendidos outros entorpecentes e 10 aparelhos celulares.
As investigações foram presididas pelos delegados Daniel Balthazar M. Coutinho e Silvânia Ribeiro Silva. Já a operação contou com apoio de 150 policiais civis, incluindo equipes da área de abrangência dos departamentos de Vespasiano, Contagem e Belo Horizonte, além do Departamento de Operações Especiais (DEOESP) e do Canil da Policia Civil. Na coordenação estiveram o chefe do 3º Departamento, Ramon Sandoli, e a delegada regional de Nova Lima, Lorena Vaz de Melo.
Polícia Civil de MG
27/03/2017

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS