Operação ‘Éden’: Mandados são cumpridos em Santa Rosa da Serra e São Gotardo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Documentos foram apreendidos na primeira etapa da operação — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Foto: Divulgação (Polícia Civil/MG)

Oito pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (18) em Santa Rosa da Serra e São Gotardo, no Alto Paranaíba, durante a terceira fase da operação “Éden” da Polícia Civil, que apura crimes de corrupção praticada por agente políticos.

Em Santa Rosa da Serra, foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária. Dentre os envolvidos, estão um vereador, um ex-vereador e três servidores públicos do município. Já em São Gotardo, os alvos foram donos de empresas que prestaram serviços à Prefeitura de Santa Rosa da Serra. Eles são acusados de peculato, falsificação de documentos e organização criminosa.

O grupo foi levado para a Delegacia Regional de Ibiá onde serão ouvidos. Foi estabelecido para eles a prisão temporária de cinco dias, podendo ser prorrogada por mais cinco.

Os advogados dos investigados disseram ao MG1 que só vão se pronunciar após ter acesso ao inquérito.


CLIQUE E LEIA A REPORTAGEM COMPLETA

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.