Operação “Botas” desarticula esquema de entrada de ilícitos em penitenciária

Mandados foram cumpridos em Patrocínio, Patos de Minas e João Pinheiro.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação (Polícia Civil/PCMG)

A Polícia Civil e a Polícia Penal de Patrocínio cumpriram mandado de busca e apreensão, e de prisão, nesta quarta-feira (24.06), em Patrocínio, Patos de Minas e João Pinheiro.

A Operação “Botas” visa o combate à formação de quadrilha, tráfico de drogas e promoção de entrada de aparelhos celulares, carregadores e chips na Penitenciária de Patrocínio.

- Continua depois da publicidade -

A investigação está em curso há nove meses, e apurou-se o envolvimento dos alvos, sendo que cinco suspeitos são policiais penais e dois são cidadãos da sociedade civil. Segundo a investigação, os dois suspeitos cobravam dos familiares de detentos para intermediar a entrega de entorpecentes e aparelhos celulares para os servidores públicos ingressarem com o ilícito na penitenciária.

Foram apreendidos chips de operadoras, celulares, computadores e arma de fogo. A Polícia Civil e a Polícia Penal ainda reiteraram seu compromisso no combate à criminalidade dentro da penitenciária de Patrocínio, salientando a importância do disque-denúncia (181), que potencializa a eficácia da intervenção policial.


Informações: Polícia Civil (ASCOM)

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -