ONU pede que comunidade internacional evite agravamento da crise na Síria

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
António Guterres, secretário-geral da ONU

Para António Guterres, o uso de armas químicas é "abominável"ONU/Divulgação

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, pediu que comunidade internacional atue para evitar o agravamento da crise na Síria. Guterres fez o apelo em um comunicado divulgado por seu porta-voz, horas depois de os Estados Unidos, a França e o Reino Unido terem lançado ataques aéreos contra locais com "capacidade de armas químicas" na Síria. No texto, exorta a comunidade internacional a evitar ações que possam agravar a crise no país e aprofundar o sofrimento do povo sírio.

“Existe uma obrigação, particularmente quando se trata de questões de paz e segurança, de agir de forma coerente com a Carta das Nações Unidas e com o direito internacional em geral. O Conselho de Segurança é o principal órgão responsável pela manutenção da paz e segurança internacionais. Peço aos membros do Conselho de Segurança que se unam e exerçam essa responsabilidade", afirmou Guterres, que descreveu o uso de armas químicas como "abominável".

Ontem (13), antes dos ataques, o secretário-geral havia solicitado ao Conselho de Segurança que criasse um órgão independente para determinar quem teria usado armas químicas na Síria. "Eu expressei repetidamente minha profunda decepção pelo fato de o Conselho de Segurança não ter concordado em um mecanismo dedicado a uma prestação de contas efetiva pelo uso de armas químicas na Síria. Peço ao Conselho de Segurança que assuma suas responsabilidades e preencha essa lacuna”, afirmou, no comunicado.

FONTE: Agência Brasil

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.