Nutricionista indica quais alimentos levar para a prova do Enem 2021

Com prova longa, que dura em média 5 horas, hidratar o corpo também é essencial
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

No próximo domingo, dia 28, os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) passarão mais uma vez pela maratona de perguntas e respostas. No dia, serão aplicadas 90 questões de matemática e ciências da natureza. Conhecida por ser uma prova longa – que dura, em média, cinco horas – escolher os alimentos adequados pode ajudar a ter pique e concentração que resultam em um bom rendimento na avaliação.

A professora do curso de Nutrição Paula Pens Alves aconselha evitar alimentos que possam ocasionar indisposição, sendo ideal evitar comidas gordurosas. A profissional indica que, antes da prova, o candidato deve buscar uma refeição rica em proteínas, carboidratos complexos e minerais, além de respeitar os horários para se alimentar.

“Para quem optar em fazer refeições maiores, o ideal é que ela seja feita em até 3 horas antes da prova. Já para aqueles que estão mais próximos do horário do fechamento dos portões, a dica é fazer um lanche rápido como frutas, biscoitos com fibras e barras de cereais sem açúcar, por exemplo”, indica a nutricionista.

A professora também destaca que a quantidade de alimentos a serem levados para o dia da prova deve ser equilibrada e leve. “Na hora do exame, é sugerido levar frutas, mix de castanhas e até mesmo um sanduíche mais leve com vegetais e consumir a cada 1 hora. A água não deve ser deixada de lado, 250 ml a cada 30 minutos para hidratar. E evite alimentos com alto teor de açúcar, pois eles podem atrapalhar a atenção e no desempenho do candidato e concentração”, explica Paula.

Confira outras dicas de alimentos para levar durante os dias do exame:

– durante o Enem, o recomendável é levar água e fugir das gorduras e frituras, pois alimentos muito gordurosos retardam o esvaziamento gástrico e dão sono, prejudicando a leitura e interpretação dos enunciados;

– sucos energizantes, como o de mamão com laranja, também são uma boa pedida. Já o café é muito bom para nos deixar atentos, mas causa dependência e pode ocasionar insônia, intolerância alimentar, hiperatividade, falta de concentração, entre outras coisas. O ideal é consumir 2 xícaras pequenas por dia;

– outras opções interessantes e práticas são barras de cereais, frutas com casca ou já picadas – como banana e maçã que estejam em potes transparentes – e castanhas como a de caju;

– o clássico chocolate pode ser uma opção, mas priorize os mais amargos, com maior quantidade de cacau e menos açúcar que os tradicionais;

– outra questão é a temperatura dos alimentos: o calor pode ser inimigo. Por isso, é importante evitar itens como iogurtes ou outras bebidas com leite;

– e por fim, o mais importante: não faça a prova de estômago vazio.

 

Revisão e correção gratuita da prova

Até o dia da prova, aqueles estudantes que querem dar uma última revisada nos assuntos que serão cobrados podem contar com uma ajuda do projeto Educa Me Explica!, do Educa Mais Brasil. A plataforma educacional que disponibiliza bolsas de estudos com até 70% de desconto chamou especialistas no Enem para produzir vídeos curtos e bastante explicativos dos assuntos que caem no exame com mais frequência.

Todo o conteúdo pode ser visto individualmente e de forma aleatória ou através de playlists que organizam os assuntos por disciplina. Abaixo, basta clicar no nome da matéria para ser direcionado para a playlist:

matemática;

biologia;

química;

física.

Ao final do exame, por meio do aplicativo (app) Gabarito do Enem, o candidato consegue conferir o número de acertos na prova. Para isso, basta preencher as informações do app com o tema, cor e idioma do caderno e as respostas escolhidas. Em tempo real, o Stoodi – edtech de cursinho on-line preparatório para o Enem e pré-vestibular que criou o aplicativo, indica na ferramenta quais foram os acertos do estudante e exibe uma comparação com a média de outros usuários que estarão utilizando o aplicativo.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.