Patos de Minas

Nova gestão da Inspetoria do CREA-MG vai focar em projetos voltados para os profissionais e para a sociedade

O engenheiro agrônomo Roberto Mendonça Mundim, que foi eleito inspetor-chefe em processo consultivo realizado no dia 1º de outubro de 2020, vai conduzir a Inspetoria do Crea-MG pelos próximos três anos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O engenheiro agrônomo Roberto Mendonça Mundim, que foi eleito inspetor-chefe em processo consultivo realizado no dia 1º de outubro de 2020, vai conduzir a Inspetoria do Crea-MG pelos próximos três anos
Foto: Divulgação

Eleito pelos profissionais de engenharia, agronomia e geociências de Patos de Minas e região, o engenheiro agrônomo Roberto Mendonça Mundim estará à frente da Inspetoria do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG) pelos próximos três anos como inspetor-chefe local. No processo consultivo, realizado no dia 1º de outubro de 2020, também foram eleitos o engenheiro agrônomo Ricardo Assis Lima Valadão como inspetor-secretário, e o engenheiro civil Clever Gomes Caixeta como inspetor-tesoureiro.

Nascido e criado em Patos de Minas, Roberto, de 51 anos, vai coordenar as ações da Inspetoria, que é responsável por sete municípios da região. O engenheiro, que foi inspetor-secretário no mandato anterior, explica que o foco da gestão será contribuir com projetos e ações que possam beneficiar e valorizar os profissionais da engenharia, agronomia e geociências, bem como a sociedade. “De tempos em tempos, pretendo conversar com os profissionais da engenharia em suas várias ramificações e colher ideias e opiniões que possam ser aproveitadas em um plano de ação da Inspetoria”, afirma Roberto. Ainda, segundo ele, serão realizadas periodicamente palestras educativas, cursos de qualificação, informações sobre novidades tecnológicas nos setores da engenharia e divulgação das ações realizadas pelo Conselho.

Com um intenso trabalho de interiorização nos últimos anos, o Crea-MG atua para estar cada dia mais perto dos profissionais, das cidades e da sociedade. Esse trabalho é feito por meio das Inspetorias e Escritórios de Representação distribuídos por todas as regiões do estado. Atualmente, são 81 unidades de atendimento que oferecem, entre outros serviços, o registro de profissionais e empresas, orientações sobre Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), emissões de certidões, taxas e formulários.

O presidente do Crea-MG, cuja primeira gestão teve como uma de suas marcas a interiorização, garante que gestores públicos municipais e privados, e a população em geral, podem ter certeza que essa política de proximidade vai continuar e será fortalecida. “Temos um compromisso de diálogo com os profissionais e com suas inserções cada vez maiores no dia a dia, na vida das cidades e das pessoas, sempre em prol do bem comum. E nada nos moverá disso”, afirma Lucio Borges.

 Atuação

O Crea-MG verifica e fiscaliza o exercício e as atividades da engenharia, agronomia, geologia, geografia e meteorologia, amparado pela Lei Federal 5.194/1966. A função do Conselho é defender a sociedade da prática ilegal das atividades técnicas, exigindo a presença de profissionais legalmente habilitados, com atribuições específicas, na condução dos empreendimentos das áreas da engenharia, da agronomia e das geociências.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.