Nos pênaltis, Alto Vera Cruz e Ventosa conquistam Taça das Favelas Minas 2018

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Taça das Favelas Minas 2018 já conhece os seus vencedores. A competição, realizada pela Central Única das Favelas (Cufa), é viabilizada pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte da Secretaria de Estado de Esportes (Seesp) e conta com repasse de R$ 197.707,25 da Cemig Geração e Transmissão S/A, oriundos da isenção fiscal do Governo de Minas Gerais.

Na final feminina, o confronto entre Alto Vera Cruz e Aglomerado Santa Lúcia terminou empatado por 0 a 0 no tempo normal. Na decisão por pênaltis, o Alto Vera Cruz sagrou-se bicampeão ao vencer por 5 a 4. Thaynara Faria, goleira e capitã da equipe, comemorou a vitória “Este ano nós voltamos 100%, 100% de aproveitamento, 100% de vitórias”, celebra. 

A decisão masculina também foi definida nas cobranças de pênaltis após empate por 0 a 0 no tempo regulamentar. Na ocasião, a seleção da Ventosa levou a melhor sobe a Cabana do Pai Tomaz e venceu por 3 a 2. O torneio foi finalizado no último domingo (29/4).

O secretário de Estado de Esportes em exercício, Ricardo Sapi, destaca a realização do evento por meio do mecanismo da Seesp. “A Taça das Favelas foi um grande sucesso em 2017 e acontece, em 2018, com recursos captados via Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. É motivo de orgulho poder ver uma política pública cumprindo seu papel de levar esporte e lazer a todos os mineiros, propiciando uma melhor qualidade de vida e a chance de novos talentos do nosso futebol surgirem, vindos das comunidades”, comentou.

Participaram da Taça das Favelas 768 adolescentes entre 14 e 17 anos para as seleções masculinas e a partir de 14 anos, sem limites de idade, para as seleções femininas, que compuseram 32 equipes que representaram comunidades de Belo Horizonte e Região Metropolitana.

A competição busca promover a integração das comunidades por meio do esporte e descobrir talentos para o futebol. Além disso, a competição proporciona uma visibilidade ainda maior para territórios conhecidamente férteis na revelação de novos talentos esportivos e contribui efetivamente para o aumento da autoestima dos envolvidos.

Minas Esportiva Incentivo ao Esporte

Por meio do programa de fomento à prática esportiva, 0,05% da receita líquida anual do ICMS que coube ao Governo de Minas Gerais podem ser direcionados pelas empresas contribuintes para apoiar atividades esportivas ou paradesportivas.

Desde 2013, quando a Lei nº 20.824 que regulamenta a ação foi sancionada, foram aprovados 598 projetos para proporcionar benefícios tanto para a população atendida quanto para as empresas apoiadoras. Desse total 198 projetos já foram executados ou estão em execução com recursos captados que ultrapassam os R$ 50,7 milhões. Já são mais de 117 mil beneficiários entre crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, de 71 municípios mineiros.

Saiba mais em: incentivo.esportes.mg.gov.br.

FONTE: Agência Minas

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS